ABC Da Cinofilia

A

ACB - Sigla da Associação Cinológica do Brasil, confederação de clubes dissidentes da CBKC.


ADESTRAMENTO - Ensino, ao animal, de noções ou conhecimento particulares, não congênitos. Ensino de habilidades. Condicionamento para realização de tarefas.

AKC - Sigla do American Kennel Club, entidade cinófila dominante nos E.U.A. É um dos dois órgãos maiores da cinofilia. Possui próprios padrões das raças, que são usados pelas confederações filiadas.

ALBINO - Animal com falta de pigmentação, no geral inteiramente brancos. É uma degenerescência. Cães com mucosas (nariz, pálpebras, lábios) cor de carne, róseo.
Geralmente é uma falta desqualificante; a estes animais não é concedido "pedigrees", para evitar que estas características transmitam-se a novas gerações.

ARLEQUIM - É uma modalidade de coloração na qual a presença de 1 fator (gene) de marmorização de cor provoca um fundo extremamente diluído (branco ou quase) com manchas irregulares de cor escura - preta ou marrom.
Ex.: Dogue Alemão Arlequim, Dachshund Arlequim.

B


BEST IN SHOW - Vem do inglês e quer dizer "Melhor da Exposição". Maior prêmio de uma exposição. O melhor animal dentre todos que apresentaram-se numa exposição.



BICOLOR - Cão de duas cores. Base branca combinada com outra cor.

BIS - Sigla de "Best In Show".

BLACK AND TAN - Expressão em inglês que traduzida literalmente quer dizer "preto e castanho".
Cão de cor preta e marcações castanho em pontos simétricos do corpo. Ex.: Rottweiler, Setter Gordon, Doberman.

BOIADEIRO - Cão que combóia gado ou guarda ovinos. Ex.: Bouvier de Flandres.


BROWN AND TAN - Expressão em inglês que traduzida literalmente quer dizer "marrom e castanho". Cão de cor marrom e marcações castanho em pontos simétricos do corpo. Ex.: Doberman marrom.


C


CAC - Sigla de "Certificado de Aptidão a Campeonato". Título promocional que poderá ser outorgado por juízes, a animais que forem considerados como excelentes, em seu julgamento. Está apto a recebê-lo o cão com idade superior a 9 meses (ACB) ou 12 meses (CBKC). Só é concedido um CAC por raça (ACB) ou um CAC por sexo, para cada raça (CBKC), por exposição.

CACIB - Sigla de "Certificado de Aptidão a Campeonato Internacional de Beleza", concedido por juízes do Quadro de Árbitros da FCI, em exposições internacionais. A idade mínima para obtenção do CACIB é de 15 meses. Os machos e fêmeas que possuam 3 destes, outorgados por juízes diferentes, sendo um de outro continente diferente do que o cão habita, podem requerer o título vitalício de "Campeão Internacional". Só é outorgado um CACIB por sexo, para cada raça, por exposição.

CAMPEÃO - Título vitalício outorgado a um cão que tenha obtido os CACs necessários. Pela CBKC, os machos que possuam 5 destes, outorgados por juízes diferentes, podem habilitar-se ao título de "Campeão". As fêmeas precisam de 4. A idade mínima para proclamação do título é de 12 meses. Além dos CACs é preciso ter 1 Melhor da Raça ou Reserva da Raça. Se não tiver nem a reserva e nem o Melhor da Raça, é exigido o dobro do número de CACs outorgados por árbitros diferentes. Pela ACB é necessário ter mais
de 9 meses e 5 CACs com árbitros diferentes, tanto para machos quanto para fêmeas.

CANIL - Criatório de cães. Local onde se criam ou guardam os cães. Nome que o criador adota como prefixo ou sufixo do nome dos cães que nascem de cadelas de sua propriedade.

CARPEADO - Cão que tem a linha superior do tronco convexa. CBKC - Sigla da Confederação Brasileira de Cinofilia, filiada à FCI, tem sede no Rio de Janeiro.


CERNELHA - É a parte proeminente da escápula (omoplata ou ombro) do quadrúpede. Corresponde ao ponto de encontro do pescoço com a linha superior do tronco. É neste local que é medida a altura do cão.

CGC - Sigla de Certificado de Aptidão a Grande Campeonado, usado pela CBKC. Título promocional só outorgado a animais já campeões.


CH. - Do inglês "Champion", campeão. Prefixo anexado ao nome dos cães detentores deste título.

CH. INT. - Do inglês "International Champion", campeão internacional. Prefixo anexado ao nome dos cães detentores deste título.


CNC - Sigla de Certificado a Título de Novo Campeonado, usado pela ACB. Outorgado apenas a animais já campeões.


CINOFILIA - Do latim cino-cão, filia-afinidade. É o termo que indica o gosto por cães. Qualidade de cinófilo.


CINOLOGIA - Estudo dos cães.

CINOLÓGICO - Referente à Cinologia.


CINÓFILO - Que gosta de cães.
CJC - Sigla de Certificado de Aptidão a Jovem Campeonato. Título promocional, que pode ser outorgado por juízes, a animais de excepcionais qualidades que ainda não têm idade para receber o CAC pela CBKC antes dos 12 meses. Após receber o terceiro destes títulos, o proprietário pode requerer o título de Jovem Campeão do animal.

CRIADOR - Responsável por um canil que produz filhotes. Proprietário da fêmea.

CRIPTORQUIDIA - Defeito que pode ocorrer em machos quando não têm um ou ambos testículos na bolsa escrotal. É uma falta desqualificante. Animais com este problema devem ser afastados da reprodução.

D

DESCLASSIFICAÇÃO - Condição transitória que afasta um cão das exposições, tais como: sinais de doença infecciosa ou parasitária, fêmeas em adiantado estado de gestação ou aleitamento, cão que agredir o juiz, que ameace outros cães, etc.


DESQUALIFICAÇÃO - Condição definitiva que impede o cão de exposições e reprodução. As desqualificações gerais são: cegueira, surdez, aleijão, criptorquidia, monorquidia.


E

ERGOT - 5º dedo. Dedo situado na parte interna das patas, à altura do metacarpo oumetatarso. Geralmente é removido cirurgicamente. Há raças em que sua presença é obrigatória. Ex.: Cão dos Pirineus.

ESGALGAMENTO - É o estreitamento da musculatura abdominal em conseqüência de um tórax estreito e muito profundo. Faz com que a linha inferior na altura do ventre suba abruptamente, à semelhança dos galgos.


ESTRUTURA - Forma pela qual os ossos e sua musculatura se organizam no sentido de compor o conjunto animal. É a constituição esquelética.


F

FCI - Sigla da Federação Cinológica Internacional, um dos dois orgãos maiores na cinofilia, tem sede em Thuin, na Bélgica. Utiliza os padrões de raça do país de origem do animal.


FRENTE FRANCESA - Defeito de equilíbrio provocado por tórax anomalamente estreito que produz uma frente de equilíbrio instável. Para melhorar o equilíbrio, o animal torce todo o membro anterior para fora de modo a colocar os pés mais distantes, voltados para fora.

G


GR. CH. - Do inglês "Great Champion". Prefixo anexado ao nome dos cães detentores do título de "Grande Campeão".


GR. VENC. NAC. - Sigla de "Grande Vencedor Nacional", título outorgado ao cão que
já foi Melhor da Exposição em três estados diferentes, com o julgamento de juízes diferentes.

GRANDE CAMPEÃO - Título vitalício concedido ao cão que já possuía o título de "Campeão" e que fez, através dos CGC, os pontos suficientes para o grande campeonato. Pela CBKC machos precisam de 60 pontos e 3 Melhor da Raça, fêmeas precisam de 40 pontos e 2 Melhor da Raça.


GRIFFON - Perdigueiros de talhe dos bracos com pêlo longo, duro e espesso. Ex.: Barbet.

GROOMING - Expressão inglesa que é entendida na cinofilia como preparação do cão através de procedimentos de higiene e beleza como banho, cuidados de aparo de unhas e bigodes, corte do pêlo e outros recursos que melhoram o aspecto do cão, mediante utilização de tesouras, máquinas, cosméticos etc.

H

HANDLER - Apresentador de cães em exposição. É uma profissão. Não confundir com adestrador.


HOUND - Cães que caçam animais de pêlo rastreando-os pelo faro e matando a presa a dentadas caso o caçador não chegue antes. Ex.: Beagle, Foxhound.


I

INSERÇÃO - O mesmo que raiz. Lugar da anatomia do cão onde se insere outra parte. Ex.: a cauda, as orelhas.


J

JCH. - Prefixo anexado ao nome dos cães detentores do título de "Jovem Campeão".

JARRETE - O mesmo que tarso. A parte do pé anatôico próximo à tíbia, corresponde ao calcanhar humano. Um defeito grave em cães é o "jarrete de vaca", que ocorre por um defeito de equilíbrio do posterior que faz com que o animal expulse os joelhos, ele junta o jarrete virando os pés para fora à semelhança das vacas.

K

KENNEL - Palavra inglesa que quer dizer canil.


L


LEBRÉU - Vem de lebre. O mesmo que galgo. Cão de caça de animais muito velozes que usam a visão e a audição associados à velocidade para caçar. Ex.: Greyhound, o mais rápido.

M


MOLOSSO - Grupos de cães de constituição peculiar - ossatura pesada, cabeça volumosa e larga, tórax amplo e muito arqueado. Descendem do antiquíssimo Molosso Assírio e podem ter a pelagem lisa ou longa. Ex.: Fila Brasileiro, Bulldog Inglês, Mastim Napolitano.

MONORQUIDIA - Cão que só apresenta um testículo na bolsa escrotal. É uma faltadesqualificante. O animal que apresentar este problema deve ser afastado da reprodução, pois é genético.

MORDEDURA - Encaixe dos incisivos (dentes da frente). Pode ser: em torquês, em tesoura ou prognatismo.

MOSQUEADO - Diz-se a pelagem de fundo branco com salpicos de outra cor, geralmente pretos ou marrons (vermelhos).

O


OSSATURA - Esqueleto em seus aspectos de forma e espessura. Diz-se de ossatura rica um cão que tem ossos grossos.


P


PADRÃO - É a descrição mais ou menos detalhada das características físicas e mentais de uma raça. Corresponde à média das criações dos cães de raça no país que a elabora ou adota. Nele os juízes se baseiam para avaliar os cães em seus julgamentos. Os melhores animais são aqueles que mais se aproximam do padrão.

PARTICOLOR - É uma pelagem combinada com duas ou mais cores. É o oposto à pelagem sólida.


PEDIGREE - Árvore genealógica do animal. A sua certidão de nascimento, contudo, é a tarjeta de identificação.


PERDIGUEIRO - Significa cão caçador de Perdiz. Nome geralmente dado ao Pointer Inglês.

PÉ DE GATO - Pé redondo e pequeno, com os dedos bem juntos e arqueados.

PÉ DE LEBRE - Pé em que os dedos são longos. Pé comprido. Pé oval.


PIGMENTAÇÃO - Coloração melânica da pele, das mucosas e de outras partes desprovidas de pêlos.


PINÇA - Vide torquês.


POINTER - Apontador. Categoria de cães que detectam e apontam com o focinho a ave ao caçador.
Ex.: Pointer Alemão.

POLICIAL - Cão treinado para uso militar. Apelido dado ao Pastor Alemão.
POSTERIOR - Diz-se o conjunto muscular e ósseo responsável pela propulsão posterior dos animais quadrúpedes.

PROGNATISMO - Do latim pro-projeção, gnatus-mandíbula. É a projeção da arcada dentária inferior em relação à superior. O prognatismo é típico em algumas raças, como o Boxer. O impropriamente chamado "Prognatismo Superior" é uma redução do tamanho da mandíbula designado por retrognatismo e por isso é uma falta sempre muito grave.


R

RAÇA - Conjunto de indivíduos com o mesmo fenótipo e instintos, capazes de transmiti-los regularmente à sua descendência. A vantagem de criar um cão de raça é saber previamente o tamanho, temperamento, forma e outras características dos seus descendentes. Enquanto que o mestiço, sem raça definida, ou vira-lata, é uma incógnita sob todos os aspectos.



RETRIEVER - Vem de cobrador, buscador, pesquisador. Cão que vai buscar a caça abatida pelo caçador. Ex.: Golden Retriever. RUÃO - Diz-se a mescla de pêlos brancos com pretos ou vermelhos (marrons), sem dominância de uma cor sobre a outra. Ex.: Cocker Spaniel Inglês.

S

SABUJO - Cão de caça que utiliza o faro como maior atributo da sua tarefa. Ex.: Bloodhound.


SAL E PIMENTA - Mescla de pêlos de pigmento claro e escuro dando a coloraçãoacinzentada.


SELADO - Cão que tem a linha superior convexa, à semelhança dos cavalos.


SÓLIDO - Cão de uma só cor.


SPANIEL - Cão de caça com pêlo sedoso (liso ou ondulado) que não "amarra", ele "levanta" ou desaloja e traz a caça abatida pelo homem. Podem ser de terra (land-spaniel) ou de água ou brejo (water-spaniel). Do primeiro, um exemplo é o Cocker Spaniel Inglês, do outro tipo é o English Water Spaniel.


SPITZ - Cão de caça semelhante à raposa com crânio moderado e largo e focinho pontudo, 'stop' bem pronunciado, orelhas retas e triangulares, cauda tufosa voltada para o dorso, pêlo espesso e áspero, subpêlo lanoso, ossatura sólida, corpo reforçado. Ex.: Spitz Alemão (Pomerânia), Samoieda, Keeshound.

SRD - Sigla de Sem Raça Definida. É o popularmente chamado de vira-lata.


STANDARD - O mesmo que padrão.


STOP - Ponto de encontro da testa com o focinho. Diz-se do cão com stop "pronunciado" quando fica bem evidente o desnível entre os planos do crânio com o focinho. Ex.: Boxer. Outras vezes pode-se fazer referência à inexistência de stop, como na raça Bull Terrier, ou até fazer-se referência a um stop leve, como na raça Collie.

T


TARJETA - Certificado de propriedade de um cão, emitido por um Kennel Clube. É o complemento do 'pedigree'.


TERRIER - Cão de caça a animais de toca. É usado para desentocar raposas, texugos e ratos. Na sua maioria são raças inglesas. O menor deles é o Yorkshire Terrier. O maior é o Airedale Terrier. No Brasil desenvolveu-se o Terrier Brasileiro, o conhecido como Fox Paulistinha.

TESOURA - Mordedura onde os incisivos superiores tocam os inferiores pelas suas faces internas. A maioria dos cães e humanos mordem em tesoura.

TIGRADO - Diz-se a coloração consistente em fundo de pigmento claro - vermelho ou amarelo, em suas várias nuances, sob listas ou rajaduras verticais de pigmento escuro - preto ou marron. Ocorre entre Boxers, Dogues Alemães, Filas Brasileiros, etc.


TORQUÊS - Mordedura em que os incisivos de ambas arcadas dentárias ao fechar a boca se tocam pelas bordas superiores. É também chamada mordedura em pinça.


TOSA - Corte da pelagem que algumas raças submetem-se, de acordo com os requerimentos do padrão da raça. Ex.: para a raça Poodle, o cão adulto deve apresentar-se com a tosa Leão ou Continental.


TRICOLOR - Cão com 3 cores, geralmente de fundo branco combinado com duas outras cores. Ex.: Alguns exemplares de Collie, Beagle.

TRIMMING - Expressão inglesa que é entendida na cinofilia como corte da pelagem, através de tosquiadoras ou arrancamento manual de pêlos. Vide "grooming".


TRUFA - Nariz. Na maioria das raças é preto. Só nos cães marrons ou suas nuances é marrom.

0 Comentários:

Postar um comentário

Mon Amour Megan