Coprofagia


Coprofagia (ingestão de fezes)

A coprofagia ou a ingestão de fezes próprias ou de outros animais é uma infeliz tendência que alguns cães tem, e é uma queixa bastante comum dos donos em clínicas veterinárias. Para os filhotes muito jovens,este comportamento é normal, mesmo sendo indesejável na perspectiva do dono.
Os filhotes geralmente comem as fezes dos cães mais velhos e dos companheiros de ninhada como forma de explorar o meio ambiente.

Embora haja controvérsia, alguns pesquisadores também explicam a ingestão de fezes como uma forma de estabelecer a microflora intestinal.
Este comportamento ocorre mais freqüentemente em filhotes confinados, que vivem em ambientes relativamente estéreis e não fazem exercícios suficientes ao ar livre.

Geralmente o cão é punido pelos donos por ter feito suas necessidades em local impróprio. Esta punição, quase sempre não ocorre no ato, e sim algum tempo depois do fato.

Como o animal não foi punido no momento adequado, isso o levará a defecar cada vez mais na ausência dos donos e, posteriormente sumir com a prova do "crime", ou seja, comer suas fezes. Outra causa é o fortalecimento das atitudes do cão por parte de seus donos. Ao descobrirem que o animal come seus excrementos, os donos correm para interrompê-lo, gerando uma competição entre ambos. Com isso, o cão ingere suas fezes para ter a certeza de que seus excrementos não serão retirados dele. Deve-se ignorar as defecações inoportunas e não colocar o focinho do cão em seus excrementos como castigo, pois apesar de causar repugnância para as pessoas, para o cão isso não ocorre.

Sobretudo procure não limpar as fezes na presença do animal, pois o ato de se abaixar muitas vezes é entendido como um convite para brincar.

O castigo para os cães que ingerem fezes é inegavelmente inútil já que o comportamento é auto compensador. Um aparente sucesso obtido com o castigo apresenta várias falhas, aumentando as probabilidades de repetição do comportamento. O tratamento mais eficaz, é impedir o acesso às fezes, já que a coprofagia aparece mais freqüentemente em locais em que há falta de higiene.

Outra técnica que pode ser tentada é a aversão ao gosto. A aversão ao gosto é útil para eliminar vários comportamentos relacionados com o paladar. Use uma substância de gosto desagradável como a pimenta, vinagre, por exemplo. Deixe o filhote cheirar bem a substância e coloque-a imediatamente em sua boca para que sinta o gosto desagradável. Isto ensina a associar um odor particular à um gosto bastante desagradável. Sempre que as fezes ou outros objetos forem revestidos com a substância desagradável, o cão se sentirá inibido na hora de ingeri-la devido à má experiência anterior que o filhote teve.
Para que esta técnica tenha resultado, é necessário que o animail tenha provado o objeto com o gosto ruim anteriormente, do contrário de nada adiantará aplicar este artiício.

Normalmente o comportamento de ingerir fezes desaparece por volta dos três ou quatro meses de idade.
Se persistir, a causa precisa ser descoberta vários fatores podem levar um cão a comer fezes como por exemplo: as verminoses, as deficiências nutricionais, a dificuldade em digerir completamente os alimentos, pois odores alimentares podem ainda estar presentes nas fezes incentivando o cão a ingeri-las. Também tem-se mencionado como causa da ingestão de fezes a adição de substâncias aromáticas aos alimentos industrializados para cães visando aumentar a apetência. Estas substâncias podem chegar à matéria fecal sem serem digeridas incitando os animais a comer seus excrementos.


Para aqueles cães que têm o hábito de ingerir fezes de gatos, a explicação está no fato de que as fezes dos gatos possuem alta concentração de proteínas. O método mais fácil e eficaz de cessar este problema é colocar a caixa de areia dos gatos em local inacessível ao cãozinho. Também neste caso a punição para este comportamento não é compreendida pelo filhote.

A ingestão de grama é outro dos problemas de alimentação sobre o qual os donos perguntam aos veterinários, principalmente porque depois de ingeri-la eles vomitam. É importante lembrar que os carnívoros consomem naturalmente matéria vegetal na sua dieta normal. Os carnívoros selvagens como os lobos por exemplo, a obtêm do trato digestivo dos herbívoros que caçam no meio ambiente em que vivem, como os veados, coelhos, preás etc.
Já os gatos a obtêm dos ratos e camundongos. Um detalhe sobre esta vegetação ingerida pelos carnívoros proveniente dos herbívoros caçados é que estes vegetais já estão parcialmente digeridos. O cão doméstico praticamente já não tem mais esta oportunidade para caçar e deve depender dos humanos para obter seu alimento.

Quando a matéria vegetal é insuficiente o cão procura comer plantas tenras para suprir suas necessidades e, como falta aos carnívoros em geral as enzimas digestivas presentes nos herbívoros, a matéria vegetal irá irritar o estômago causando vômito. Neste caso, uma dieta com uma boa ração balanceada ou um pouco de vegetais cozidos adicionados ao alimento do filhote ajudará a cessar o problema dos vômitos.


No caso da ingestão de fezes de cavalos e bovinos, a causa está mais relacionado com a necessidade de ingestão da matéria vegetal do que com a coprofagia. Estas fezes contêm bastante fibras digeridas, o que as torna uma boa fonte vegetal para o filhote. Também neste caso a adição de vegetais na dieta ou a utilização de ração balanceada pode cessar completamente o problema.


Fonte: www.overdogs.com

4 Comentários:

  1. Carol, vc jah teve problemas de coprofagia com algum dos seus cãezinhos? E se teve o q vc fez pra resolver? Esse esquema de colocar pimenta ou vinagre funciona msm?

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol me disseram que entres os shitzu é comum eles comerem suas fezes é verdade?

    ResponderExcluir
  3. Sim, comum não é, a raça tem uma tendência a isso, só que pode ser resolvido pois é comportamental, muitos filhotes podem ter o hábito, mas só qdo filhotes...e não é só a raça shihtzu não, a maioria dos filhotes comem. Nda que um vinagre n resolva...rs

    ResponderExcluir
  4. Oi Carol..

    Estou com um problema seríssimo...

    Minha shihtzu tem 6 meses e eu lendo um dos seus artigos percebi que ela esta com todos os sintomas de giardiase canina. Já até comprei os remédios e vou fazer a limpeza, pois tenho uma filha de 01 ano e 01 mês e a nina vive lambendo a mão dela...

    Eu achava que não fazia mal dar água da torneira para ela, e desde pequena dava...
    Infelizmente desde o primeiro dia que peguei ela 2 meses, ela veio doente, com fezes verde, mole e parecida diarreia, extremamente fedida.... A criadora disse que ficaria com ela até ela melhorar, mais até hoje ela tem uma série de problemas... E o vet disse pra eu não entregar, pois se em uma semana ela não melhorasse ela ia sacrificar ela... PREFERI FICAR COM ELA...

    O primeiro problema dela é que COME COCO e tudo que vê pela frente (papel, plástico, jornal, pano, folha, mato, cabelo, cisco, pedra, bichos, formiga, mosca,estou pegando pesado pra ela não comer migalhas da Alice)...
    Nos damos bronca ao ver ela comendo estas coisas, tive que enrolar um jornal para dar susto nela, pois só falando não estava mais adiantando, agora eu só olho e ela corre...

    Dizem que se o cachorro chegar a 01 ano com estes problemas vira hábito, e não quero isso...

    O segundo ela faz muita força pra fazer coco... Eu dou 3ml de oleo mineral para ela mais nem todo dia, mais mesmo assim ela às vezes chora ao tentar defecar... Ela come Royal Canil para raça...
    Se alimenta 02 vezes ao dia, e come a quantidade certa...

    Tem dia que vou catar o coco dela(pois ficamos vigiando ela fazer coco) e quando pego e muito duro, ela fica tão triste que abaixa a cabeça de tanta lamentação...rsrsrsrs

    Se dou o óleo ela fica melhorzinha, porem, continua fazendo força... Se estiver muito congestionada dou lactulose(veterinário que indicou-laxante) e ajudo dando uma leve apertada no bolo fecal que forma na bunda dela..

    Quando damos banho nela, e lavamos o anus dela, ela faz bastante coco.è normal?
    Ela lambe a bunda dela o dia todo... Eu brigo, ela fica me olhando com aquele olho esbugalhado e lambendo a boca dela... Ao sair ela retorna a atividade favorita dela...

    Me Ajuddddddddddddddddaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.....

    e-mail: tayane.xavier@gmail.com

    ResponderExcluir

Mon Amour Megan