Tipo de Pelagem

Uma dúvida de algumas pessoas é o tipo de pêlo que são: Fino e Grosso.

O Shih tzu pode mudar o tipo pêlo com a idade, pelo menos até ficar adulto, ou não...
Mas a verdade é que o shih tzu pode mudar até as cores depois, até uns 4 meses...

Principalmete quem tosa o cão com máquina! Muito cuidado, pq a máquina faz o pêlo crescer para o lado, ele perde o caimento, por isso eu sempre aconselho a fazer na tesoura! E a cor tb pode mudar, ficar mais opaca tosando com máquina.

A dica é : Se o bb é caramelo com branco, ele vai clarear bem mais.
Se ele for preto e branco, E se você abrir o pêlo, olhe a raiz...é ela quem manda! Se for preta, vai ser preta, se for marron, vai clarear!
Por exemplo, a Vanilla quando era BB, o pêlo dela era marron bem escuro, quase preto....e olha como ela está... branca, preta e caramelo. Eu a chamo de minha "galega". rs
Agora quanto a pelagem...
Existem dois tipos de pêlo no shih tzu:

Fino : É uma pelagem mais ralinha , sedosa, bem fininha parece pelagem de shih tzu filhote, porém embola muito mais fácil, Mas é linda. A Megan tem esse tipo de pêlo.

Grosso: É uma pelagem abundante, é um pêlo lanoso, um pouco ondulado, fácil de cuidar não embola tanto, porém precisa mais de hidratação. A Vanilla e a Madonna tem esse pêlo.

O Pêlo fino demora mais para crescer que o grosso.
Mas você só descobre o tipo de pêlo depois com uns 4 meses...
São lindas as duas pelagens.

****************************

Como Clarear Bigode

Ontem me madaram um e-mail perguntando como fazer para clarear o bigode do shih tzu.



Alguns shih tzus que tem bigode branco, com a sujeira, vivência em quintais e bebedouro inapropriado tendem a ficar com o bigode escuro com o tempo ( alaranjado, marron ). Esse é um problema mais fácil de resolver.


Pode ser resolvido com cremes para clareamento ( para cães )


Eu nuca usei pq as minhas cacahorras não tem esse problema, pois vivem em apto, usam bebedouro de bilha ( não molha o bigode ) então não suja com a ração. E também eu nunca vi shih tzu com problema de acidez, apenas sujeira mesmo.


Mas o que eu respondi para a pessoa em questão, é a mesma coisa que eu vou responder aqui : tem um site que eu gosto muito que vende produtos importados muito bom, é o Mon Ami Pet World => http://www.monamipetworld.com.br/ lá tem o menu de Estética & Show.


Seguindo : Removedores de manchas , é o primeiro :


Super Whitening Gel Branqueador.

No site você pode ver como ele age , como usa e o preço tb.
Já aviso que não tenho parcerias com eles, apenas gosto dos produtos deles e recomendo.

Mas quando o problema é acidez na saliva e lágrima é mais difícil, muito comuns em poodles, maltês, em geral cachorros de pêlo claro.

Esse problema só pode ser resolvido com remédio, mas para isso você deve consultar um veterinário antes, mas resolve, tem cura!

Nesse caso fica envolta dos olhos, boca , patas, onde o cachorro lambe fica escuro.
Mas também pode depender do nível de stress do cão.
Por exemplo o poodle que mora com a minha mãe, nunca teve isso, depois que eu casei e fui embora ( deixei ele pq sempre morou em casa e não ia se acostumar com apto). começou a ficar assim, tudo escuro, os olhos, as patas...coisa impressionante, foi um choque pra ele, mas agora depois de um tempo 1 ano + ou - ele tá branquinho denovo, passou sozinho.
Por isso eu digo, procure um veterinário pra ver se é problema genético, ou emocional!

**************************

Video TopKnot Shih Tzu



Video que eu achei no youtube do topknot!

Plantas Tóxicas Para o Cão


Os animais podem ter acesso a plantas tóxicas em vários lugares; elas podem estar dentro de vasos em casa, no quintal, em terrenos onde o animal vai passear. Por isso é importante conhecer as plantas que colocamos em casa, pois muitas delas são comuns e muito bonitas, mas quando ingeridas pelo animal podem ter efeitos nocivos.


Quase sempre o filhote por ser curioso ou está entediado, ele morde e come algumas folhas para brincar.

Fique atento aos sintomas:

Os sintomas de intoxicação são :vômitos, diarréia e salivação intensa. Mas também podem ocorrer queimaduras, convulsões e alterações cardíacas, renais e hepáticas graves, tudo isso dependendo da planta que pode ser mais tóxica que outra.


É complicado você ficar monitorando os passos do seu cão, o mais apropriado seria tirar todas as plantas que possam causar algum tipo de mal ao seu cãozinho.Mas se você não tem como se livrar delas, a única opção é delimitar a área por um cercado , ou ficar de olho mesmo.


Segue as plantas tóxicas:


Aloe Vera (babosa)
Espirradeira
Amarílis
Filodendro
Antúrio
Hortênsia
Azaléia
Mamona
Cheflera Mandioca brava
Comigo-ninguém-pode
Orelha-de-elefante
Copo-de-leite
Ruibarbo
Espada-de-são-jorge
Trombeteira


Todo cuidado é pouco para manter a saúde dos nossos bichinhos!

Meu Filhote Morde! Isso é Normal?


O que muita gente não sabe é que filhotes trocam os dentes exatamente como nós (bem, não EXATAMENTE, pois eles trocam de dentes muito mais rápido do que os humanos).


Os dentes de leite começam a cair por volta dos 3 meses e meio, e a troca se estende até os 5 ou 6 meses. Os dentes definitivos continuam “crescendo” até os 7 meses de idade, e tudo isso é doloroso para o filhote.
Brincar com um filhote é extremamente importante para que ele se desenvolva plenamente, tanto física quanto psicologicamente, mas deveriam existir certas regras para evitar problemas sérios mais tarde. Além de tentar aliviar a dor da gengiva por causa dos dentes que estão nascendo, filhotes mordem, principalmente, para testar a autoridade e força dos “irmãozinhos”.
É brincando de lutas e batalhas que os filhotes se preparam para ocupar a posição deles na hierarquia do grupo. Se nós humanos permitirmos que nossos filhotes brinquem de morder a nossa mão, mais do que alguns pequenos cortes doloridos, vamos incentivar nossos cãezinhos a ocupar a posição hierárquica mais alta da família quando eles estiverem adultos.
Um filhote que aprende que é permitido morder, pois não há nenhum tipo de represália contra seus ataques, não hesitará em “defender-se” de qualquer contragosto com dentadas poderosas mais tarde em sua vida.
Um cachorro adulto jamais tolerará que um filhote fique mastigando suas patas. O cão adulto emitirá imediatamente um rosnado de aviso e se o filhote continuar insistindo vai acabar tomando uma dentada de correção bem na cabeça.
Nós, humanos, devemos ensinar esta mesma lição para os nossos filhotes e evitar problemas no futuro. A técnica de colocar o polegar na língua do cachorro e fazer pressão para baixo até que ele tente empurrar nosso dedo para fora da boca dele é bastante efetiva e, se executada de forma adequada, não irá machucar seu filhote.
Ele até pode ser bastante insistente e tentar te morder várias vezes, mas se você for persistente, o cachorrinho irá aprender logo que não é agradável abocanhar a mão de quem o alimenta. Não se esqueça de dizer sempre NÃO MORDE, enquanto aplica a correção e não permita que nenhum outro membro da família ou amigos deixe o seu filhotinho morder.
Outra parte importante na abordagem do problema das mordidas, é ensinar ao seu filhote que é bom morder os brinquedos dele, e que o brinquedo correto também vai ajudar a massagear a gengiva e diminuir o incomodo da dentição infantil.
Fonte: bitcão

Como dar remédios ao seu cão!


Você pode precisar dar remédio para dor após um acidente grave ou um vermífugo mensal, aprender a dar medicação via oral para o seu cachorro é um truque útil. Use as dicas a seguir para dar tanto remédios líquidos como comprimidos para o seu cachorro.



Líquidos



Segure o cachorro. Se ele for difícil de lidar você pode precisar de ajuda para contê-lo.


Diminua a apreensão do cachorro conversando com ele com calma e segurança.


Passe o braço delicadamente sob o pescoço do cachorro, segurando a garganta na dobra do seu braço.


Veja se ele pode respirar sem problemas.


Passe o outro braço por cima ou por baixo do meio do cachorro, pressionando com cuidado para segurar o corpo do cachorro contra o seu.

Incline a cabeça do cachorro para trás, com cuidado.
Puxe o lábio inferior do cachorro para fazer uma bolsa.
Usando um conta-gotas ou uma seringa plástica, coloque o líquido aos poucos nessa bolsa, esperando que cada porção seja engolida antes de dar mais um pouco.
Massageie a garganta do cachorro para estimular o reflexo de engolir.



Comprimidos





Segure o cachorro. Se ele for difícil de lidar você pode precisar de ajuda para contê-lo.
Diminua a apreensão do cachorro conversando com ele com calma e segurança.
Segure a mandíbula superior do cachorro com uma mão por cima do focinho.
Pressione os lábios do cão sobre os dentes superiores apertando com seu polegar em um lado e os outros dedos no outro, de maneira que os lábios do cachorro fiquem entre os dentes e seus dedos. Aperte com firmeza para forçar a boca a ficar aberta.
Segure o remédio entre o polegar e o dedo médio da outra mão e coloque dentro da boca o mais fundo possível.
Massageie a garganta do cachorro para estimular o reflexo de engolir.
Um método alternativo é esconder o comprimido em um pedaço de salsicha, presunto ou outro petisco que o cachorro goste.


Fonte: howstuffworks




Algumas Dicas

Alguns tópicos importantes para quem vai adquirir um filhote.


  • Ensinar-lhe seu nome:


É inútil gritar, seu ouvido é muito apurado : pronuncie lenta e claramente seu nome para chamar sua atenção e associe-o a cada ordem: A primeira coisa que um filhote deve aprender é seu nome, quanto mais curto , ele o memorizará melhor.

Desde o primeiro dia , chame o seu filhote pelo nome.

Preceda o chamado de seu nome por um momento agradável para incitá-lo a executar as ordens.
Quando ele vier , afague-o recompense-o com uma carícia.

Se ele demorar em vir, não repreenda ele: ele demorará ainda mais para vir da próxima vez!
Se você chama-lo para dar broncas / remédios / banho etc... ele não vai mais atendê-lo. Você deve chama-lo para coisas agradáveis. Se você quer dar um remédio, banho, pegue-o e não fale nada! não o chame.



  • O "NÃO"


Preste atenção na coerência de suas ordens: o que você proíbe um dia não deve ser tolerado no outro dia pelas outras pessoas de seu convívio.

Desde sua chegada , é essencial incutir no filhote o sentido da palavra "não".

O "não" será associado a todas as proibições.

Ele deve ser categórico e pronunciado com uma voz firme e sem equívoco enquanto você vê o filhote cometer uma ação proibida.

O "não" deve ser falado bem firme e de preferência uma vez só, e ele entenderá logo.



  • O Chamado


Se o seu filhote não obedece á ordem "aqui" , saia no sentido opsto ou esconda-se: ele ficará inquieto por permanecer sozinho e voltará rapidamente!

Mais que uma ordem , o chamado é um convite para voltar perto de você e receber carícias ou recompensas:o chamado deve ser ligado a um gesto positivo, mas exige muito rigor da sua parte.
Comece associando o chamado á distribuição do alimento : um membro de sua familia mentem o filhote á distância enquanto você prepara sua refeição.

Chame então o cão pelo seu nome e diga "aqui".

Pouco a pouco , com carícias , felicitações e estímulos positivos , ofilhote assimilará que com a ordem "aqui" ele deve imediatamente vir em sua direção.( você também pode dar um pestisco quando ele obedecer, eu uso doguitos cortadinho bem pequenininho).

Ponha isso em prática primeiramente dentro de casa antes de levá-lo para fora , preso por uma guia.



  • Ficar Sozinho


Tanto quanto possível , não habitue seu filhote á solidão antes do 4-5 meses de idade: isso arriscaria gerar crises reais de ansiedade em seu jovem companheiro.

A solidão é uma realidade que seu filhote conhecerá ocasionalmente ou regularmente . tanto para um caso como para outro , ele deve estar preparado.

Aproveite os momentos de cansaço do filhote para habituá-lo a ficar sozinho.

Nos primeiros momentos , ausente-se brevemente , alguns minutos. Se o filhote chorar , volte em sua direção, repreenda-o e saia novamente. Quando voltar, felicite-o se ele permaneceu calmo.( dê um pedacinho de doguitos ).

Progressivamente, você poderá estender a duração de suas ausências de tal maneira que elas se tornem uma prática natural que não precisa nem de ritual de adeus nem de encontros exuberantes. ( mesmo porque o cão não tem noção do tempo , se você ficar 10m ou 3horas fora de casa, para ele é a mesma coisa, vai fazer a mesma festinha quando você chegar ).

O ideal é ensinar-lhe isso para que não sinta muita ansiedade na sua ausência, pois ele sabe que você saiu , mas não sabe se você vai voltar, e ele precisa saber que você vai voltar!

Quando você chegar em casa, não fale com ele durante uns minutos até ele se acalmar, quando ele se acalmar, dê um pedacinho de doguitos ( ele vai aprender bem rápido).



  • As Refeições


As refeições também fazem parte de um código de boa conduta cujo respeito afastará os comportamentos indesejáveis.

Adote o ritmo certo: Até os 6 meses de idade , dê-lhe 3 refeições por dia (enquanto filhote), depois passe a 2 até o fim do crescimento.

Ofereça suas refeições em horário fixo, no mesmo comedouro, no mesmo lugar , se possível , afastado de seu local de dormir. Não se esqueça de manter um bebedouro limpo e com água sempre fresca.( troque todo dia) Se for bebedouro de bilha, pode deixar até acabar e nunca deixe a água quente, sempre fresquinha. ( Eu coloco na geladeira ).

Faça com que ele coma após você : ele compreenderá quem é o "chefe", pois é assim que isso se passa em uma matilha.

******************************

Como Dar Banho No Seu Shih Tzu!




Vou explicar como EU dou banho nas minhas cachorrinhas aqui em casa.

Bom, Primeiramente antes de banhar o seu shih tzu, escove-o muito bem para tirar todos os possíveis nós. ( se for pêlo bem longo, sempre tem um nózinho básico).

Certificando que sairam todos, então você coloca um algodão em cada orelha, coloca para fechar bem e ter certeza que não irá entrar água, o que pode causar infecções.


  • Procure dar os banhos de manhã ou a tarde com um solzinho, é sempre bom para ele não sentir muito frio.
EU dou banho em uma banheira que eu mandei fazer de granito, não muito funda, onde o cão fica na altura dos meus ombros, ou seja eu não fico curvada.
Liga o chuveirinho, água morna pra fria, porque a pele deles é muito sensível.
Começa a enxaguar o corpo e só depois a cabeça ( lavar a cabeça deles é uma agonia, eles não gostam que pegue Água no nariz).
Lava bem as patas, barriga, bundinha...etc...
Depois de enxaguar, passar o shampoo (eu uso da pet society) ou pantenne e esfregar no sentido do meio das costas para baixo, não como a gente faz com nosso cabelo em movimentos circulares, mas sim lavar no sentido do pêlo sempre!!! ( para não embolar).
Tire o shampoo e agora vem a parte que eles detestam! a fuça! Tenta fazer o mais rápido possível para que não entre no nariz. Coloca a mão na frente tapando para não cair nem nos olhos.

  • Eu aconselho usar na cabeça e fucinho, sabonete hipoalérgico de bebês, que se cairem no olho, não vai arder,e é perigoso cair no olho, porque pode irritar feio o olho do shih tzu que é muito sensível.
Tira o sabonete e deu, a cabeça não precisa mais.
Lava denovo o corpinho, enxagua, e passa o condicionador, deixa agir uns 5 minutos e tira, mas não precisa tirar tudo por completo, deixa um pouquinho, ajuda na escovação.
Se quiser ainda fazer uma hidratação profunda, compre o Liss Easy também da pet society ( não estou ganhando nada pela propaganda..rs) mas é que eu adoro os produtos deles, para mim é o melhor se falando em produto nacional.
Coloca esse produto e vai fazendo movimentos no sentido do pêlo sempre, por uns minutos e depois deixe agir por uns 10minutos. ( dá diferença).
Pronto, seu shih tzu tá pronto para secar.
Não esfregue muito com a toalha o pêlo pra não embolar. só tira o excesso e seque-o.
Eu usava secador comum de gente, pra secar mas demorava muito, 2 horas no mínimo. (louca)
Ai então eu comprei um secador , aqueles de pet shop, que em 20 minutos eu faço, mas pra quem tem 1 cachorro só, dá conta.
Sempre seque e escove ao mesmo tempo no sentido do pêlo.
Seque por partes, primeiro um lado, depois o outro, depois as patas, a barriga e por último a cabeça.

  • Use uma escova de pinos sem bolinha e um pente de ferro pra finalizar, eu uso sempre no final da secagem para ter certeza que saíram todos os nós.

Seque bem a cabeça, mas cuidado com os olhos, não deixe o jato de ar direto no olho, ou no sentido do olho, coloca o secador por trás da cabeça, ou coloca bem longe da carinha dele, pq pode ressecar muito o olho dele.
Seque bem as patas, e as orelhas, senão depois eles ficam coçando as orelhas e lambendo as patas.
Para finalizar a escovação passe silicone, bem pouquinho mesmo, só nas pontas do pêlo, eu ainda prefiro o silicone spray que não é óleo.

  • Perfume eu não coloco, pq eles não gostam e pode dar alergias.
Faz um bom topete com elásticos de silicone ou de dentista , limpa o olhinho se ele tiver lacrimejando ( com agua boricada ou soro fisiológico), penteia o bigode e pronto, seu shih tzu está pronto pra próxima e você para o próximo banho...ufa! dá uma canseira!
Corte as unhas se possível ( eu aproveito e já faço tudo) e limpar as orelhinhas com produto próprio para isso.Mas para quem tem shih tzu com tosa bb dar banho é muito mais fácil!
Eu dou banho nas minhas 1 vez por semana, e nos de pêlo que arrasta no chão eu dou de 5 em 5 dias.
  • O banho no filhote pode ser dado também, mas não frequente.
O que não pode é levar na pet shop com menos de 3 meses!!!! peloamordedeus não leve!
Você pode dar banho nele com banho à seco, que pode ser comprado em qualquer pet shop, ou com shampoo mesmo para filhotes ( sem antipulgas), lave uma vez só e deu, o mais rápido possível. Seque muito , mas muito bem!
Putz , falando em banho, amanhã é dia!
Espero ter ajudado!
Beijos e até a próxima dica!

A escolha de um veterinário.


A escolha de um médico veterinário parece uma tarefa fácil, mas não é! Veja algumas dicas de como escolher um veterinário de confiança para seu melhor amigo:


1 – Muitas pessoas vão a primeira clinica que encontram, geralmente a que fica mais próxima de casa, mas deve-se levar em consideração a experiência do profissional;


2 – Preste muita atenção na limpeza do ambiente. Higiene e saúde andam sempre juntas, o local para exames deve ser desinfetado entre uma consulta e outra;


3 – Peça referência a conhecidos e a pessoas que tenham animais que já se consultaram com o veterinário pretendido;


4 – Preste atenção a aparência do veterinário a maneira como o veterinário se apresenta devem ser levados em consideração. Roupas e mãos limpas são fundamentais;


5 – Verifique, se possível, se o veterinário possui todos os equipamentos para examinar seu bichinho. Além de examinar minuciosamente se animal, ele deve ter termômetro, estetoscópio, oftalmoscópio, otoscópio, balança e mesa de atendimento clinica;


6 – Prefira médicos veterinários com quem você possa contar sempre. Em caso de emergência é sempre bom contar com um veterinário a qualquer hora do dia. Peça sempre um telefone para o caso de uma emergência;


7 – O veterinário deve esclarecer o máximo suas duvidas e ser paciente em explicar tudo que você deseja saber, principalmente na primeira consulta.


8- Utiliza apenas vacinas boa qualidade e procedência, sempre conservadas de forma adequada. Nunca prescreve medicamentos sem avaliar as condições do animal.


9-Sempre utiliza seringas e agulhas estéreis ou descartáveis, que evitam contaminações.


10- Mantém a clínica em condições totais de higiene e assepsia.

Alimentação - Ração -


POR QUE ALIMENTAR SEU CÃO COM RAÇÃO? O cão é um animal que tem carências nutricionais diferentes das nossas, por isso sua dieta deve ser direcionada a atender essas necessidades. Quando alimentamos os cães com comida caseira, na grande maioria das vezes (quase sempre), não promovemos uma nutrição adequada. Por mais "sem graça" que possa parecer, a ração é, nesta maioria dos casos, a melhor opção. Por quê? Podemos dar alguns argumentos favoráveis ao uso de ração ao invés de comida caseira:

NECESSIDADES DO CÃO: Por mais variada que seja a comida do cão, não conseguimos oferecer-lhe uma dieta completa e balanceada. Mesmo dando carne, legumes e ovos, ainda assim não conseguimos balancear esta ração; e macarrão, arroz e fubá não são comida de cachorro.

A PRATICIDADE: Hoje em dia poucas pessoas têm tempo para fazer seu próprio almoço, muito menos a comida do cachorro. Para comprovar, basta-se observar que as vendas de comida congelada e desidratada têm aumentado de maneira significativa.

O CUSTO: Se colocarmos na ponta do lápis a despesa na elaboração de uma dieta para um cão, com: carne, ovos, legumes, complementos vitamínicos e minerais, e o trabalho que teremos adicionando cada ingrediente na medida certa para equilibrá-la. Comparado ao custo diário da alimentação a base de ração. Sem dúvida, a opção mais econômica será a ração (mesmo se esta for uma super-premium importada).

ONDE ESTÁ A DIFERENÇA? Nossos amigos peludos têm sua origem em outros canídeos selvagens, como os lobos,os chacais, os cachorros-do-mato... Estes animais, em vida livre, alimentam-se basicamente do que conseguem caçar ou, mais freqüentemente, das sobras de outros predadores (leões, leopardos...). E foi por este hábito que, os cães primitivos,se aproximaram dos homens primitivos, visto que o homem sempre foi um caçador até aprender a plantar e colher. Quando um canídeo se alimenta, come a carne, o pelo, a pele, os ossos, as vísceras e até o conteúdo intestinal das presas. E, respondendo à pergunta, o cão, precisa de uma dieta tão variada quanto a de seus parentes de vida livre, para que tenha uma vida saudável.

O QUE COMPRAR? No Brasil, hoje, temos diversos tipos de ração com qualidades diferentes. Para facilitar o entendimento, vamos classificá-los em três grupos.
Rações Populares: São produtos mais baratos que existem no comércio. Normalmente, formuladas com subprodutos de milho, soja, farelo de algodão, etc.Tais ingredientes na ração de uma vaca, ou de um cavalo, seriam de excelente digestão, mas, voltando àquela historinha, nosso amigo é um carnívoro e precisa de proteína de origem animal, pronta a ser assimilada pelo seu organismo.OBS: Os vegetarianos de quatro patas têm a capacidade de transformar proteínas e carboidratos de baixa qualidade em "produtos mais nobres". Os cães e gatos precisam dos produtos nobres já prontos.
Rações "Standard":São produtos de empresas de renome, na maioria das vezes, buscam através da mídia uma fatia maior do mercado consumidor. Por serem produtos de empresas maiores, têm um compromisso maior com a sua qualidade e são formuladas com ingredientes qualitativamente melhores que as rações populares.Contêm farinha de carne e ossos, glútem de milho, gordura animal, etc. Porém ainda não são "ideais" quanto à digestibilidade, porque se alcança o percentual de proteína com ingredientes de menor digestibilidade como a soja ou o glúten.Quanto ao custo, estão numa faixa intermediária de preços.


Rações Premium e Super Premium: São produtos de primeira qualidade, em nutrição canina, por isso mais caros. Têm sua formulação baseada em carne de frango, ovelha, peru... Porém, realmente carne, ou resíduos de abatedouro, como digestas de frango por exemplo. Tais ingredientes, de origem animal, têm maior digestibilidade, ou seja, o trato digestivo canino tem menos "trabalho" para metabolizá-los. Esta é outra característica das rações premium, como a digestibilidade é maior, o consumo diário de ração é menor (o que ameniza o preço da ração). Promovem, ainda, uma vida mais saudável. e reduzem o volume das fezes do animal. As Rações super premium são assim classificadas a partir de um certo percentual de digestibilidade, o que pode variar de acordo com os interesses dos fabricantes, pois não há um "padrão" neste sentido. Como consumidor, para saber se a ração é de alta digestibilidade, ou não, basta analisar na embalagem os ingredientes que compõem a ração. As fontes proteicas devem ser de origem animal (carne de frango, carne de peru, digestas de frango, carne de ovelha, ovos, etc.). E as fontes de gordura também, ou pelo menos óleos vegetais nobres como, por exemplo,óleo de linhaça. Fontes proteicas vegetais como soja, glúten, etc. não têm alta digestibilidade. É bom desconfiar de produtos que têm em sua relação de componentes coisas como "carne de aves" (urubú também é ave / e de que parte da ave estão falando? Pena e bico são proteína pura e de baixíssima digestibilidade). O que pode aumentar a digestibilidade da ração é a presença de fibras de moderada fermentação (p.ex. polpa de beterraba branca), que aumenta a eficiência absortiva dos enterócitos. Outro ingrediente que melhora a digestibilidade são os F.O.S. (fruto oligo sacarídeos), que alimentam a microbiota intestinal, ou seja, beneficia o crescimento de "boas bactérias" no intestino, o que leva a uma melhor fermentação do bolo alimentar.
Resumindo, quando compramos uma ração para o amigo peludo, devemos estar atentos aos níveis de garantia (percentuais de proteína, gordura, etc. ) e a qualidade dos ingredientes. Por exemplo, uma ração para cachorro deve ter, no mínimo, 18% de proteína. O que é relativo porque carne é fonte de proteína e pena da galinha também. Carne é bem mais digerível que pena. Outro detalhe é o equilíbrio entre percentuais de proteína e gordura. Não é eficiente uma ração com 30% de proteína e 8% de gordura, nem outra com 18% de proteína e 20% de gordura.Um quarto grupo de rações pode ser citado, as rações terapêuticas. Têm indicação clínica sendo auxiliares no tratamento de diversas enfermidades. Seu uso deve obedecer aos critérios do Médico Veterinário responsável pelo cão.
ALGUNS CONSELHOS: Cadelas gestantes devem comer rações de filhote a partir do 30º dia até o fim da lactação. Esta prática reduz a chance de ocorrerem problemas futuros com a cadela prenhe.Além de aumentar sua vida reprodutiva.Os filhotes devem comer ração de filhote até atingir o tamanho adulto (o que varia de raça para raça ).Cães de raças grandes devem receber dieta adequada, sem exageros, para um crescimento equilibrado e uniforme. Uma dieta reforçada demais pode trazer problemas de "calcificações indesejadas" no futuro.Os cães precisam de abrasão para seus dentes portanto ofereça o que ele possa usar para isso. Esta medida é profilática a formação de tártaro o que pode causar até a morte de seu cão. Por exemplo: o cão deve ter cotidianamente um ou um brinquedo rígido, ou qualquer outro artifício para "escovar" seus dentes. Esta necessidade diminui à medida que o cão se alimenta apenas e tão somente de ração seca. Evite oferecer ao cão petiscos do tipo: biscoito humano, pão, chocolate, pipoca... mesmo que ele goste muito. Estes alimentos estão freqüentemente envolvidos em casos de alergias alimentares, assim como macarrão, fubá e outros alimentos à base de amido. Essas alergias alimentares têm quadros variados que vão de simples coceira até feridas na pele e febre.A oferta de carne somente pode levar o cão problemas de raquitismo nutricional por causa do desequilíbrio entre Cálcio e Fósforo que ocorre em animais com este tipo de dieta. Uma ração de qualidade comprovada, preferencialmente as do tipo "premium", dispensam qualquer outra suplementação mineral ou vitamínica. E se for seca reduz a incidência de tártaro, dispensando, por vezes, o uso de abrasivos. Seu cão dificilmente enjoa da ração, simplesmente ele está satisfeito e não quer comer. Se ele está brincando normalmente, com sua vitalidade natural e ficar um dia ou outro sem comer não se assuste, permaneça oferecendo a mesma ração que você conscientemente escolheu para ele. Não existe ração ideal para todos os cães. Cada animal reage de uma maneira diferente. Tem cães que se adaptam perfeitamente a rações populares e outros que não se adaptam às super-premium. Por isso, a melhor pessoa para orientar sobre qual é a melhor opção de ração para cada cão é o médico veterinário que acompanha sua saúde. Ele é capaz de avaliar os parâmetros corretos e saber se a dieta é satisfatória para cada cão especificamente.Claro que você fica livre para escolher qual a melhor ração para o seu cão.
A quantidade de ração você dá conforme especificado na embalagem.

EU recomendo só ração super premium. Na minha opinião EU RECOMENDO na ordem:


Pro Plan - Nós usamos.
Cibau 
Hills
Eukanuba 


Custo benefício:
Proplan
Equilibrio
Premier 
Guabi Natural


Essas rações são as que eu conheço e posso indicar, mas existem muitas outras rações tb!


Mas vc tem que levar em conta o que o seu cachorro se adapta, pq muitas vezes pode ser cara e o seu cão não gosta, não se deu bem....

Se você tem como dar ração super premium, não hesite em dar, a diferença é gritante, tanto na saúde do seu cão como na pelagem, o que é muito importante nas raças de pêlo longo.
*******************************

Brinquedos para Distração e Redução do Estresse

Além de tratar-se de um divertimento, o brinquedo auxilia na redução do estresse causado pela ausência do dono e também na fase de crescimento dos dentinhos.
Para que ele não eleja o pé da mesa, a quina da parede, o controle remoto, o seu chinelo, sapato e coisas de utensílios domésticos, você deve dar a ele brinquedos de borracha ou comestíveis.
O cão é igual à uma criança! Gosta de novidades! Então quando você der um brinquedo a ele, procure esconder os demais por um tempo, para quando ele enjoar , você já tem outro para dar e para ele será novidade.
Ao contrário disso você teria que comprar sempre um brinquedo diferente. E se você deixar o brinquedo escondido ele irá esquecer dele.Quando for dá-lo ao seu cãozinho, incetive-o , mostre que é para ele, brinque junto.Uma dica muito boa é para aquele filhote que ainda está trocando os dentes , é congelar o brinquedo, pois alivia a dor na gengiva , controlando melhor a ansiedade.

Brinquedos Recomendados:



Bola de tênis: São resistentes, podem molhar e não se despedaçam.Algumas raças de cães conseguem furá-las com os dentes murchando-as; Bolas de tênis mesmo, e não as compradas em qualquer lugar, pois essas se despedaçam e são tóxicas.




Brinquedos de borracha macia: Alguns brinquedos de borracha macia são indestrutíveis,permitem que o cachorro os morda sem gastar ou quebrar os dentes e pulam de maneira desordenada, aumentado a diversão do cachorro. Podem ser qualquer tipo, em forma de bonecos, bolas, bichos.




Brinquedos de materias digeríveis:Apesar de poderem ser despedaçados e engolidos, não causam obstrução do aparelho digestivo pois são digeríveis. Podem ser ossinhos, palitinhos, sapatos etc... tudo feito de courinho digerível.




Brinquedos inteligentes: Esse brinquedo tem um compartimento para colocar algum petisco dentro, ou até mesmo ração, ele prende a atenção do cão pois ele fica tentando tirar o petisco de dentro do brinquedo. Existem vários, tem cubo mágico que tem vários furinho, tem o kong que é esse da foto que só tem um furo.




Cuidado com:
  1. Ossos naturais: Nem se fala...podem até matar.
  2. Bichos de pelúcia: Se despedaçam fácil e o cachorro acaba comendo a pelúcia, olhos, boca etc...
  3. Bolas de Gude: Quebra, é vidro, super perigoso
  4. Bolas ou brinquedos de borracha que se despedaçam: Se despedaçar o cão come.

************************

Maneiras de dimimuir a ansiedade quando você está ausente.





Nunca castigue seu cão quando ele destruir as coisas ou quando se comportar de forma indesejável, exercite o cão periodicamente e deixe um rádio ligado ou televisão quando você sair. Essas atitudes auxiliam muito a controlar e extinguir esses problemas de ansiedade e de comportamento.


Dicas:

  • Para dimimuir a ansiedade de seu cão, ignore-o durante alguns minutos antes de sair de casa e alguns minutos após chegar em casa.
  • Não permita que seu cão seja o líder da matilha.
  • Nunca dê bronca em seu cão nem demonstre estar zangado com ele ao chegar em casa e encontrar algo destruído.
  • Deixe seu cão esperá-lo em um local que lembre sua presença, isto é, onde ele sinta o seu cheiro e , de preferência , deixe o rádio ligado. Caso não seja possível , deixe uma camiseta sua, velha e usada, na casinha dele ou na caixa de transporte.


Chorar à noite:


É um problema que geralmente ocorre com filhotes, mas, em alguns casos, tb aparece em cães adultos traumatizados, ansiosos ou mimados.Os cães choram por diversos motivos. Por meio de choro eles demonstram que algo não está de acordo com a vontade deles, que estão sentindo fome, sede, sofrendo por se sentirem isolados, ou por dor. Embora existam inúmeros motivos para que seu cão chore durante a noite, o mais provável é que ele esteja se sentindo solitário.Cães são animais sociais que dependem do grupo para poder sobreviver, por isso, até que se costumem , ficam ansiosos e assustados quando se sentem abandonados.
É óbvio que não podemos ficar com o cão o tempo todo, por isso, devemos acostumá-lo a não se sentir abandonado desde filhote.


Conforte o Animal:


A primeira medida que se deve tomar é confortar o animal no ambiente em que ficará sozinho. Qualquer coisa que lembre o grupo dele ou que permita que ele se distraia auxilia a reduzir a ansiedade de seu cão.Se você está trazendo um filhote para sua casa, procure trazer do local em que o filhote vivia panos com cheiro da ninhada , brinquedos e outras coisas que lembrem seu grupo e coloque-as onde seu cão irá passar a noite. Deixar um rádio ligado próximo ao filhote tb colcabora para que ele não se sinta completamente sozinho.
Procure brincar com ele no lugar em que ficará , para que o local lembre a sua presença e para que não seja completamente novo para seu filhote.Os cães ficam muito ansiosos ao se sentirem abandonados , pois além, de quererem interação, não sabem se foram realmente esquecidos ou, ainda por quanto tempo ficarão ali. Como você não tem meios para informar ao seu cão por quanto tempo ele ficará lá, pelo menos lhe mostre que você não se esquecerá dele e que irá buscá-lo depois de algum tempo. Como fazer isso? Confine o animal no local em que ele passará a noite somente por alguns minutos, volte e fique um tempo com ele. Faça isto algumas vezes, aumentando o tempo gradativamente, assim ele saberá que você sempre volta, embora não saiba quando, o que o deixará muito mais tranquilo.

*********************************

Fonte: trechos do livro que lemos : Adestramento inteligente - Alexandre Rossi.

Como Ensinar o Filhote a Fazer as Necessidades no lugar certo


Para quem irá receber um filhotinho em casa ou apartamento, uma das principais preocupações é que ele aprenda rapidamente a fazer as suas necessidade no lugar certo.
O melhor momento para ensinar bons hábitos ao seu filhote é desde o primeiro momento que ele entrou na sua casa, quanto mais cedo ele aprender melhor será a convivência de todos.
Os cães costumam ter horários e hábitos rotineiros. Por incrivel que pareça, eles preferem uma rotina saudável ao ser surpreendido com algo diferente a todo momento.
Eles gostam de ter horário para comer , para dormir, para brincar, para caminhar, e para fazer as suas necessidades bem definidos pois seu instinto é sempre de nos agradar.
Sabendo sobre os hábitos dos cães vamos expor uma rotina que deverá ensinar seu filhotinho a fazer as necessidades no local em poucos dias.
1º lugar: Escolha um local apropriado para que seu cãozinho faça as necessidades. Este local não deve ser próximo de onde ele come, bebe e dorme.
Se for em apartamento, forre com tapete higiênico ou jornal ( nós usamos jornal ). Se quiser você pode usar um educador para ajudar no aprendizado.
  • 7:00h: da manhã : Leve ao banheiro, alimente-o, de-lhe água e leve ao banheiro novamente.
  • 9:00h: Leve ao banheiro.
  • 12:00h: Leve ao banheiro alimente-o, de-lhe água e leve ao banheiro novamente.
  • 15:00h: Leve ao banheiro.
  • 18:00h: Leve ao banheiro, alimente-o, de-lhe água e leve ao banheiro novamente.
  • 21:00h: Leve ao banheiro, alimente-o, de-lhe água e leve ao banheiro novamente.
  • Antes de dormir leve-o mais uma vez ao banheiro.
Sempre que for levá-lo, elogie-o, faça carinho, e se ele fizer as necessidades naquele momento, tente recompensá-lo, com petiscos ou com carinho. Caso ele erre, ignore o erro, e tente limpar sem que ele veja, jamais brigue ou esfregue o nariz dele aonde ele fez suas necessidades, pois ele passará a escondê-las em lugares que normalmente você não vê.( atraz do sofá, embaixo de cama, etc...) ou até mesmo se recusar a fazer na sua presença.
Essa mesma mesma rotina pode ser aplicada a cães adultos, sendo até mais fácil pois os adultos não fazem tantas refeições quanto os filhotes e conseguem segurar suas necessidades por muito mais tempo.
Espero que a nossa dica seja útil e quanto mais dedicação ao executar a rotina mais rápido será o aprendizado. Se quiser ajuste os horários a sua rotina diária, tanto você quanto seu cãozinho podem ceder um pouco dos seus horários para o melhor convívio.

Boa sorte.

Fonte: Canil Mon Amour Megan.

Lei - Cães em Condomínio.

- "Dispõe sobre o Condomínio (em Edificações e as Incorporações Imobiliárias"; no Código Civil Brasileiro, art. 554 e 555 - Dos Direitos da Vizinhança - Do Uso Nocivo da Propriedade; no Dec. Federal 24.645 de 10.07 na Declaração dos Direitos Humanos e na Jurisprudência.
A Lei 4.591 de 16J2,1964 estitui:

Art. 10. É defeso a qualquer condômino:

III - destinar da unidade a utilização diversa da finalidade do prédio, ou usá-la de forma nociva ou perigosa ao sossego, à salubridade e à segurança dos demais condôminos"Vilson Rodrigues Alves, em sua obra Uso Nocivo da Propriedade, Ed. RT, 1ª ed., 1.992, p. 286-315, ensina que:
"Uso da propriedade divisa nocivo à segurança, ao sossego e à saúde vizinha: O ter-se animais em apartamento é questão que pode ser interpretada ora como nocivo da propriedade, ora como uso não-nocivo da propriedade"

1. pequeno porte;
2. a boa saúde;
3. a docilidade;
4. a permanência na unidade autônoma.

Ter um animal de estimação é um direito: lute por ele.Lembre-se dos nossos direitos e que, qualquer determinação interna nesse sentido é ilegal, porque não está prevista na Lei dos Condomínios e em desacordo à própria Constituição Federal, que consagra o direito de propriedade. É importante salientar que mesmo se a questão não seja totalmente pacífica e, dependa da avaliação do exame e das circunstâncias em cada caso concreto.
convenções de condomínios não podem ser superiores as leis federais, ou seja, você pode ter o seu cachorro ou qualquer outro pet que esteja legalizado, sem que o sindico impeça.

Para os animais domésticos, inofensivos e sossegados, não há impedimento legal em sua permanência em condomínios horizontais ou verticais. Podendo assim o proprietários de animais insurgir-se contra eventual ordem de proibição por parte do sindico, pois a jurisprudência se mostra pacifica, sobre a permanência de animais em apartamentos. A justiça tem dado ganho de causa a quem reivindica o seu direito de possuir inofensivos animais em condomínios horizontais ou verticais.

Mon Amour Megan