Coprofagia


Coprofagia (ingestão de fezes)

A coprofagia ou a ingestão de fezes próprias ou de outros animais é uma infeliz tendência que alguns cães tem, e é uma queixa bastante comum dos donos em clínicas veterinárias. Para os filhotes muito jovens,este comportamento é normal, mesmo sendo indesejável na perspectiva do dono.
Os filhotes geralmente comem as fezes dos cães mais velhos e dos companheiros de ninhada como forma de explorar o meio ambiente.

Embora haja controvérsia, alguns pesquisadores também explicam a ingestão de fezes como uma forma de estabelecer a microflora intestinal.
Este comportamento ocorre mais freqüentemente em filhotes confinados, que vivem em ambientes relativamente estéreis e não fazem exercícios suficientes ao ar livre.

Geralmente o cão é punido pelos donos por ter feito suas necessidades em local impróprio. Esta punição, quase sempre não ocorre no ato, e sim algum tempo depois do fato.

Como o animal não foi punido no momento adequado, isso o levará a defecar cada vez mais na ausência dos donos e, posteriormente sumir com a prova do "crime", ou seja, comer suas fezes. Outra causa é o fortalecimento das atitudes do cão por parte de seus donos. Ao descobrirem que o animal come seus excrementos, os donos correm para interrompê-lo, gerando uma competição entre ambos. Com isso, o cão ingere suas fezes para ter a certeza de que seus excrementos não serão retirados dele. Deve-se ignorar as defecações inoportunas e não colocar o focinho do cão em seus excrementos como castigo, pois apesar de causar repugnância para as pessoas, para o cão isso não ocorre.

Sobretudo procure não limpar as fezes na presença do animal, pois o ato de se abaixar muitas vezes é entendido como um convite para brincar.

O castigo para os cães que ingerem fezes é inegavelmente inútil já que o comportamento é auto compensador. Um aparente sucesso obtido com o castigo apresenta várias falhas, aumentando as probabilidades de repetição do comportamento. O tratamento mais eficaz, é impedir o acesso às fezes, já que a coprofagia aparece mais freqüentemente em locais em que há falta de higiene.

Outra técnica que pode ser tentada é a aversão ao gosto. A aversão ao gosto é útil para eliminar vários comportamentos relacionados com o paladar. Use uma substância de gosto desagradável como a pimenta, vinagre, por exemplo. Deixe o filhote cheirar bem a substância e coloque-a imediatamente em sua boca para que sinta o gosto desagradável. Isto ensina a associar um odor particular à um gosto bastante desagradável. Sempre que as fezes ou outros objetos forem revestidos com a substância desagradável, o cão se sentirá inibido na hora de ingeri-la devido à má experiência anterior que o filhote teve.
Para que esta técnica tenha resultado, é necessário que o animail tenha provado o objeto com o gosto ruim anteriormente, do contrário de nada adiantará aplicar este artiício.

Normalmente o comportamento de ingerir fezes desaparece por volta dos três ou quatro meses de idade.
Se persistir, a causa precisa ser descoberta vários fatores podem levar um cão a comer fezes como por exemplo: as verminoses, as deficiências nutricionais, a dificuldade em digerir completamente os alimentos, pois odores alimentares podem ainda estar presentes nas fezes incentivando o cão a ingeri-las. Também tem-se mencionado como causa da ingestão de fezes a adição de substâncias aromáticas aos alimentos industrializados para cães visando aumentar a apetência. Estas substâncias podem chegar à matéria fecal sem serem digeridas incitando os animais a comer seus excrementos.


Para aqueles cães que têm o hábito de ingerir fezes de gatos, a explicação está no fato de que as fezes dos gatos possuem alta concentração de proteínas. O método mais fácil e eficaz de cessar este problema é colocar a caixa de areia dos gatos em local inacessível ao cãozinho. Também neste caso a punição para este comportamento não é compreendida pelo filhote.

A ingestão de grama é outro dos problemas de alimentação sobre o qual os donos perguntam aos veterinários, principalmente porque depois de ingeri-la eles vomitam. É importante lembrar que os carnívoros consomem naturalmente matéria vegetal na sua dieta normal. Os carnívoros selvagens como os lobos por exemplo, a obtêm do trato digestivo dos herbívoros que caçam no meio ambiente em que vivem, como os veados, coelhos, preás etc.
Já os gatos a obtêm dos ratos e camundongos. Um detalhe sobre esta vegetação ingerida pelos carnívoros proveniente dos herbívoros caçados é que estes vegetais já estão parcialmente digeridos. O cão doméstico praticamente já não tem mais esta oportunidade para caçar e deve depender dos humanos para obter seu alimento.

Quando a matéria vegetal é insuficiente o cão procura comer plantas tenras para suprir suas necessidades e, como falta aos carnívoros em geral as enzimas digestivas presentes nos herbívoros, a matéria vegetal irá irritar o estômago causando vômito. Neste caso, uma dieta com uma boa ração balanceada ou um pouco de vegetais cozidos adicionados ao alimento do filhote ajudará a cessar o problema dos vômitos.


No caso da ingestão de fezes de cavalos e bovinos, a causa está mais relacionado com a necessidade de ingestão da matéria vegetal do que com a coprofagia. Estas fezes contêm bastante fibras digeridas, o que as torna uma boa fonte vegetal para o filhote. Também neste caso a adição de vegetais na dieta ou a utilização de ração balanceada pode cessar completamente o problema.


Fonte: www.overdogs.com

Video Sobre a Origem do Shih tzu




Video sobre a origem do Shih tzu.




This breed is more closely related to the wolf than any other breeds. Whether a star in the ring or at home, the Shih Tzu is one of the oldest breeds of dog.




Lindos, lindos, lindos!!!!

Perfect Petzzz - Shih Tzu

Para quem ainda não conhece , esse ai é o Perfect Petzzz , são pelúcias imitando os cães de verdade! Sim, esse ai é da raça Shih Tzu.
Olha só :

Os filhotes de cães e gatos Perfect Petzzz são tão parecido com uma estimação de verdade que todos irão se surpreender ou se deixar enganar! Estes dorminhocos respiram com sutileza como se fossem de verdade! Há até um ligeiro som de ronco. Eles são muito bem comportados e assim fazem uma aconchegante companhia em qualquer casa, escritório, dormitório ou lar.

No pacote inclui:
Coleira;
Caminha;
Escova para pentear;

Certificado de adoção;
Caixinha para viagens.


Existem de várias raças como beagle, lhasa, labrador, husky, pastor alemão, westie, poodle e etc...
E claro de gatos também de várias raças!
Eu já encontrei em algumas petshops mas de shih tzu sempre tá em falta!!! rsrsrsrs

Na internet tb tem para vender : http://loja.tray.com.br/loja/catalogo.php?loja=107099&IdDep=13&IdCatSel=24
Fica entre R$ 109,00 na internet e nas pets eu vi por R$ 160,00 reias.

Eu achei muito fofo! e assim que encontrarmos de shih tzu iremos comprar!

Beijos e Boa semana!

Inseminação Artificial em Cães ( I.A )


Ela tem várias indicações como: não aceitação do macho pela fêmea ou vice-versa, diferenças de tamanho e peso dos cães, auxiliar quando um dos dois possui algum tipo de dificuldade na monta natural por causa de problemas físicos (p.e. discoespondilite), manejo do canil e diminuição de distâncias geográficas, uma vez que o sêmen resfriado e congelado podem ser transportados.


Primeiramente é necessário que tanto o macho como a fêmea a serem utilizados estejam bem de saúde, não possuindo nenhum sinal nem sintoma de doença infecto-contagiosa ou seja portador de anomalia genética. E que o cruzamento seja desejável em termos de padrão da raça em questão.


Quando estes fatores estão de acordo, deverá ser realizado um exame andrológico no macho para verificar se está tudo normal dentro da esfera reprodutiva.

Um dos ítens deste exame é a análise do sêmen, onde são verificados parâmetros seminais como motilidade, vigor, concentração, pH e morfologia espermáticas.

Uma vez verificada a qualidade mínima para utilização do sêmen, este poderá ser utilizado fresco ou puro, diluído, resfriado ou congelado.


Para a fêmea é necessário que a mesma esteja no momento ideal de ser inseminada, ou seja, seu óocito em condições de ser fertilizado.
Para tal devemos realizar exames que nos auxiliarão em determinar o período no qual isto irá ocorrer ou até mesmo o dia provável.


Estes exames são citologia vaginal e dosagens hormonais (progesterona e hormônio luteinizante).
Uma vez identificando o momento ideal de realizar a inseminação, a mesma poderá ser feita via vaginal ou cirúrgica, dependendo da qualidade do sêmen e do tipo de tecnologia à qual ele foi submetido.


Os resultados são os melhores possíveis, chegando à índices de 90% de prenhez positiva com o nascimento de filhotes lindos e saldáveis. Vale a pena aprender.




Silvia Edelweiss CruscoMédica VeterináriaMestre e Doutora em Reprodução Animal – VRA- FMVZ-USPProfa. das disciplinas de Reprodução, Obstetrícia e Inseminação Artificial das Faculdades de Medicina Veterinária: UNIP Sócia do Centro de Reprodução e Inseminação Artificial em Cães - Reprocanis

Fonte: www.greepet.vet.br

História do Shih tzu




SHIH TZU - História


Há uma lenda que define o Shih Tzu como sendo O SÍMBOLO DO AMOR IMPOSSÍVEL entre uma princesa chinesa e um mongol (povo predominante no Tibet).


Segundo essa lenda, diante da impossibilidade de realizarem o casamento, o casal resolveu cruzar um legítimo representante da China (o Pequinês) com um de Lhasa (capital do Tibet), este seria o Lhasa Apso.Da união das raças surgiu o Shih Tzu, simbolizando tudo o que há de melhor nas duas culturas e o amor entre os dois povos.


A origem precisa do Shih Tzu é bastante longínqua e se perde em meio a lendas.O nome da raça provém do mandarim, dialeto chinês bastante antigo, e significa ‘cão leão’.Uma velha descrição chinesa da raça Shih-Tzu descreve:“Os olhos de dragões, cabeça de leão, boca e palma dos pés de rã, orelha de folha, dentes de arroz, pernas de elefante, cauda de espanador de penas, patas de flor de ameixa e movimenta-se como um peixe de ouro.”Acredita-se que os primeiros exemplares da raça tenham sido presentes do Dalai Lama Tibetano ao imperador da China por volta de 1640.


No entanto não se tem certeza, realmente, de quais raças contribuíram para seu desenvolvimento em solo chinês uma vez que eram criados praticamente isolados no palácio real.


O desenvolvimento da raça é em grande parte devido ao amor de uma das imperatrizes chinesas (Tsé-hi), que durante toda a vida sempre foi cercada por seus cães.Segundo historiadores da raça, os cães da Imperatriz eram mantidos num imenso pavilhão de mármore, cercado por cuidados extremos e tendo à disposição uma legião de eunucos, cuja obrigação era zelar pelo seu bem estar.


O Shih Tzu negro era o único que dormia nos aposentos da Imperatriz, chamado Hai Ling.Foi a partir de 1928 que os Shih Tzu's passaram a fazer parte das ricas casas das famílias abastadas da China e de algumas poucas famílias no ocidente.Com a invasão da China pelo Japão em 1937, a raça praticamente desapareceu de seu país de origem e só não foi completamente extinta graças à atuação dos criadores ingleses, que nos anos 30 tinham importado alguns exemplares. A raça só foi oficialmente aceita pela FCI em 1957 e pelos americanos em 1969.


E, desde então vem ganhando cada vez mais popularidade, chegando a ser a segunda raça mais registrada no Japão em 1998 e no Brasil, cresce dia a dia.É sem dúvida o mais bonito entre os cães de companhia. Sua aparência elegante e sua pelagem longa são atrativos primordiais para esses peludos. Mas seu ponto forte é o temperamento que além de ser calmo e brincalhão, é conhecidíssimo por adorar ficar no colo.

Olhos Do Shih tzu .::CUIDADOS ::.


Bom, todos sabem que o Shih tzu tem os olhos grandes e proeminentes que se requer alguns cuidados...


Os olhos devem ser limpos regularmente (pois esta limpeza retira a secreção na qual se acumulam microorganismos que podem gerar infecções) e os donos precisam providenciar para que o ambiente não tenha objetos perigosos, como plantas espinhosas e enfeites pontiagudos.


Além disso, deve estar atentos a qualquer sinal de lesão, o que requer uma visita imediata ao veterinário. A úlcera de córnea geralmente é causada por ferimentos na vista,e visualmente fica uma manchinha azulada no olho lesionado. Lacrimeja mais do que o normal e na maioria dos casos eles nem conseguem abrir os olhinhos criando uma secreção  fazendo muitas vezes os olhos grudarem. Então é pq tem algum problema.

Bom, a limpeza é com Soro Fisiológico .É bom fazer essa limpeza diáriamente, pois esses cães tem mais secreções nos olhos do que os outros.
Molha um pouco o algodão e faz a limpeza, os filhotes não gostam muito, mas logo se acostumam!
E fique atento a manchinhas, vermelhões, e mantenha o cão com os olhos limpos.

Úlcera da Córnea tem cura se houver tratamento com colírio específico, o tratamento dura em torno de 10 dias com colar Elisabetano.

Qualquer dúvida estamos á disposição.

Beijos

Deixar Seu Shih tzu em Casa ou Hotel?

Os hotéis para cães estão se tornando cada vez mais comuns nas grandes cidades brasileiras. E os donos de cães estão cada vez mais recorrendo a este novo recurso.
Deixar seu cachorro em um hotel seguro e de confiança é bem mais tranquilizador para os donos ao sair de férias,mas como saber se o hotel onde o seu cachorro vai ficar é um bom hotel?


Pensando em ajudar os donos de cães a escolher um bom lugar para os seus bichinhos e poderem fazer viagens mais tranquilas, elaboramos algumas dicas para ajudar a escolher um bom hotel para o seucachorro.


Deixar o cão em casa ou no hotel?

Normalmente os cães sentem se mais a vontade em casa, em seu próprio território, então se outras pessoas da família com quem o cão convive diariamente forem permanecer na casa durante o tempo de ausência do dono é melhor deixar o cão permanecer em casa, sem sair de seu território e na companhia de alguém que faz parte de sua rotina.

Mas se a pessoa não tiver condições de cuidar do cachorro, ou se for uma pessoa estranha ao cão que vai vigiar a casa, ou mesmo pessoas que visitam a casa diariamente só para colocar a comido do cão e depois o deixam sozinho novamente, nestes casos o hotel para cachorros é a opção mais segura.


Cães deixados sozinhos, mesmo que por pouco tempo ficam sujeitos a vários imprevistos:


  • O seu cachorro pode se machucar e passar bastante tempo sem receber tratamento, o que pode transformar machucas simples em sérios. Pode virar a vasilha d’água e ficar bastante tempo com sede sem ninguém para repor a vasilha;

  • Alguns cães ficam muito triste quando deixados sozinhos e podem ficar depressivos e se recusar a comer entre outras coisas. É claro que em caso de necessidade não há problema em se deixar o cachorro sozinho por algumas horas, mas, para qualquer período superior a um dia o hotel já passa a ser recomendado.


O que observar ao escolher o hotel para cachorros .


É preciso escolher em que hotel deixar o seu cachorro com pelo menos alguns dias de antecedência, é muito importante ter tempo de visitar pessoalmente o local e ter tempo de visitar outros hoteis caso o primeiro não seja adequado, escolher onde deixar seu cachorro “por não ter tempo de procurar outro lugar” nunca é uma boa idéia.
Ao visitar o hotelzinho observe sempre:



As instalações do lugar, se o ambiente dos cães é limpo e seguro, Qual a ração que é servida no hotel, assim você pode começar a misturar um pouco dessa ração na comidado seu cachorro com alguns dias de antecedência para que ele vá se acostumando com a comida.


Observe se os cães que estão hospedados lá no momento estão bem acomodados, se gostam dos tratadores (é importante observar se algum cachorro demonstra medo de algum funcionário! se demonstrar prefira outro lugar) .


Pergunte se eles têm assistência veterinária. Precações a se tomar ao deixar seu cachorro no hotelzinhoCaso o seu cachorro não se dê muito bem com outros cães, não esqueça de avisar no hotelzinho Caso o seu cachorro tenha algum problema de saúde ou alergias, não esqueça de avisar no hotelzinho É possível levar seu cachorro para uma visita rápida ao hotelzinho antes da viagem, lembre de fazer este passeio algo agradável, para isso você pode dar algum petisco para ele durante a visita, assim ele vai relacionaar o hotel com algo bom.


Quando deixar seu cachorro no hotel, você também pode deixar uma peça de roupa usada (ou fronha) suapara que ele possa sentir o seu cheiro enquanto você estiver viajando, você pode avisar ao hotelzinho para colocar na cama do seu cachorro assim ele vai se sentir “mais em casa“ Antes de deixar o seu cachorro no hotelzinho confira se ele está com a caderneta de vacinação em dia.

E não menos importante , o barato sai caro.


Agora é só fazer uma boa viagem


Fonte: seucachorro.com

Como Cortar as Unhas Do Cão


Unhas bem cortadas são de fundamental importância no acabamento do trimming de um cão, podendo muitas vezes melhorar a aprarência de um pé cujos dedos não sejam muito bem arqueados.
Independente disto, dá um aspecto mais limpo e possibilita melhor movimentação do animal (unhas muito grandes podem prejudicar o movimento e até causar algum defeito no caso de cães em fase de crescimento).
Veja na figura acima onde deve ser realizado o corte da unha.
A área pontilhada embaixo da unha é tecido vivo com sangue e nervos e é chamada de sabugo, ou leito da unha. Corte diagonalmente na unha somente alguns poucos milímitros. Em caso de dúvida, peça a seu veterinário para fazer isto por você.
Mas eu acredito que se você comprar o alicate adequado em uma petshop dá pra fazer. Lembrando que precisa de um espaçinho antes da parte rosa que é a sabugo...pelo menos uns 4mm.
O problema é quando a unha é preta, toda preta e não conseguimos ver o sabugo, ai é melhor pedir ao veterinário pq ai ele tem uma noção de onde está o sabugo.
Fonte: saude animal.

Meu Shih tzu enjoou da ração e agora?


Imagina você comendo a mesma comida a vida toda....!
Bom, claro que com animais é um pouco diferente , mas não podemos esquecer que eles podem comer outras coisas além da
ração para não enjoar...

A principio pode ser que ele tenha enjoado de uma ração específica, e você pode tentar trocá-la para ver se resolve.
Quase sempre resolve por um tempo ou nem resolve e ele continua a não comer, o que acaba nos preocupando, pois quando eles enjoam, eles não comem de jeito nenhum...e só deixam a gente nervosa.
A primeira opção é hidratar a ração com água morna, pois exala um cheirinho forte de comida ( da ração ) que eles não sentem tanto quando está seca. Fica com um cheirinho de papinha desmame...Se não resolver , .....vamos para o próximo passo.

O que eles querem é alguma coisa mais saborosa e que podemos dar também. Pois assim eles voltam a comer ração com mais vontade e dando esses alimentos de vez enquando ele vai alternar com a ração.Ao contrário do que você pensaria .... provavelmente que ele nunca mais iria comer ração e só iria querer comer comida.
Errado! é justamento o contrário ....

Alguns exemplos :Não se esqueça de dar em pouca quantidade... porque eles não estão acostumados ( o estômago ).
Carne moída / Frango , tudo bem cozido sem sal, sem molho, sem nada! Fígado de frango é muito bom, tem bastante ferro. ( é bom para cadelas em gestação ou pós parto ).Cenoura Cozida ou Crua (Eu dou cozida porque fica melhor pra comer. É ótima pois tem várias vitaminas. E os shih tzus são loucos por cenoura.
Abóbora cozida;Maça crua mesmo, é bom para limpar os dentes;
Mamão tb eles adoram.
Mesmo que o cão não enjoe de comer ração você pode dar de vez enquando esses alimentos.Eu não aconselho a dar aquelas carnes enlatadas específicas para cães, pois tem muito molho e eles não estão acostumados com comida "Molhada", sem falar que possue conservante.
O que não dar de jeito nenhum :
Laranja / Abacate / Batata / Chocolate / Bolachas / Molhos em geral e tudo que sabemos que não podem comer...
É mais fácil saber o que eles podem comer.
Bom, fica as dicas para vocês...e não se preocupem porque se eles estiverem com fome mesmo eles comem...e como sabemos o cão pode ficar sem comer por dias...mas como a gente se preocupa acabamos dando qualquer coisa só pra ver eles comerem....
Qualquer dúvida estou á disposição no MSN.
Beijos
Carol.

Rações Premium? Super Premium?

Falar sobre alimentação, mais especificamente de ração para cães e gatos pode parecer um tema bastante simples, afinal estamos falando de uma embalagem que se compra em pet-shop ou supermercado e já vem pronta para servir. Na verdade não é bem assim, afinal aquela prateleira está cheia de tipos diferentes de rações, qual será a mais indicada para meu cão?

Rações Premium? Super Premium?

Vamos começar falando em qualidade do alimento. As rações estão agrupadas conforme o tipo da matéria prima utilizada na sua fabricação. As chamadas super-premium são as que possuem melhor fonte, seguidas pelas rações premium. Vamos usar como exemplo as fontes de proteína: o cão apresenta um aproveitamento maior se a base da proteína for o frango ou o ovo. Essa proteína do frango pode ser dos pés, das víceras, da carcaça ou da carne propriamente dita, é claro que existe proteína em todas essas partes mas a existente na carne é de qualidade superior a todas as outras, então temos uma matéria prima de melhor qualidade na ração que utiliza essa fonte do que as rações que usam as outras, embora todas contenham proteína na sua formulação. É por isso que muitas vezes achamos uma ração muito cara perto de outra mas se formos procurar saber o porquê dessa diferença é muito provável que a matéria prima utilizada por uma seja bastante superior a outra, isso com certeza é um dos fatores.
Agora que escolhemos uma ração de boa qualidade ela estará dividida em diversos sub tipos como filhotes, adultos, alta energia, diet, tamanho do cão...


De maneira geral, um cão é considerado filhote até um ano de idade, salvo em algumas raças muito grandes onde podemos considerar ate um ano e meio, nesse período ele deverá comer a ração apropriada à sua idade e porte da raça quando adulta, isso acontece porque um filhote de maltês terá necessidades diferentes de um filhote de Dog Alemão, tanto no aporte de nutrientes quanto no tamanho do grão da ração, afinal, um cão do tamanho de um maltês terá, por volta dos seis meses, um tamanho já definido enquanto o dog alemão estará em plena fase de crescimento.

Adultos e filhotes... cada um na sua...


Muitas pessoas que já tem um cão e acabam adquirindo outro querem comprar uma mesma ração para os dois, isso é possível quando os cães ficam adultos e tem tamanhos no mínimo parecidos. Caso não exista a possibilidade de separá-los nem no momento da alimentação é mais indicado que o adulto coma a ração do filhote que está em pleno desenvolvimento, mas isso pode acarretar alguns problemas como a obesidade do mais velho devido ao aporte maior de nutrientes na ração do filhote.

No caso de cadelas prenhes o que acontece é um gasto exagerado de energia devido, principalmente, à produção do leite, que faz com que mudem as necessidades calóricas da fêmea sendo necessário alterar a ração durante essa fase fornecendo rações próprias para filhotes, o que deve ser corrigido na fase de desmame.
Existem também rações apropriadas aos níveis de atividade do cão, um animal de trabalho como um cão que anda ao lado de um policial precisa de mais energia do que o cão que esta em casa esperando o dono chegar do trabalho.


Diet? Light?

Quanto às rações diet, diferente do que muitos pensam, ela não é indicada somente para manter a forma. Existem rações diet para regimes ou até para manutenção do peso ideal mas o termo diet está diretamente relacionado a tratamentos como por exemplo um cão que apresenta problemas cardíacos vai precisar de uma dieta sem sal ou um problema renal uma dieta com menos proteína, então temos as rações com formulações já prontas.
As rações são, sem duvida, o alimento mais indicado para os cães, já vem prontas e totalmente balanceadas para serem usadas mas para isso e necessário um certo critério na escolha e conhecimento tanto do animal e suas necessidades quanto dos produtos que o mercado oferece, portanto caso você tenha duvidas procure o veterinário e peca a indicação do melhor alimentação para o seu cão, afinal ele é único e só quem o conhece pode indicar com precisão as necessidades dele.
Colaboração da Médica Veterinária,

Dra. Audrey Haag


http://www.procao.com.br/



Super-premium

Eukanuba
Cibau
Hills Science Diet
Linha Size Royal Canin
Match Super Premium
Pedigree Advanced Nutre
Choice Lamb & Rice
Ossobuco
Premier Pet
Premier
Equilibrio
Pro Plan
Natural
Etc...

Premium

Royal Canil Club Croc

Faro Foxy
Friskies
Golden Fórmula
Kibbles & Softs
Petisko Premium
Pedigree
Premium Dog
Tutano
Etc...

Standard

Bonzo
Big Boss
Croc Dog
DeliDog Semi Úmida
Frolic
Herói
Karina Premium
Lider Chips
Max Buffet
Nero
Nutridog
Pedigree Champ
Petisko
Royal Canin Selection
Etc...

Existem ainda formulações especiais para: cães que precisam perder peso ou recuperá-lo rapidamente cães com sensibilidade digestiva cães com alto nível de atividade, como esportistas ou cães de trabalho cães idosos - depende do tamanho da raça a idade em que um cão é considerado idoso cães órfãos ou em processo de desmame.

Lágrima Àcida Em Animais


É um problema bastante comum em cães de pelagem branca e/ou raças miniatura são as manchas na face causadas pelas lágrimas.

Algumas raças de gatos, como os persas, também podem ser acometidas. As manchas, de coloração amarronzada, comprometem a estética (parecem olheiras).

É um grande problema para os criadores, principalmente aqueles que participam
de exposições. "Epífora" é o nome dado ao derramamento de lágrimas pela face do animal. Existem várias causas atribuídas a esse problema. As lágrimas, produzidas pelas glândulas lacrimais, são responsáveis pela lubrificacão dos olhos. A drenagem das
lágrimas é feita pelo ducto lacrimal, uma "cânula"; responsável por conduzir o excesso de lágrimas dos olhos para o interior do focinho.

É Fácil compreender isso, pois quando você chora, as lágrimas também escorrem pelo seu nariz. Geralmente são os poodles e malteses que possuem. Se a drenagem da lágrima pelo ducto for insuficiente, ela escorre pela face do animal. Uma vez em contato com os pêlo, a lágrima sofre a ação das bactérias existentes na pele e pelagem. Esse processo resulta na alteração da coloração dos pêlos que se tornam avermelhados indo até o marrom escuro. Em cães de raça" braquicefálica", (Cara muito achatada ) como pugs, buldogues, pequineses e gatos persas, o derramamento das lágrimas está associado a anatomia desses animais.

Apresentando globo ocular bastante saltado, isso compromete a drenagem da lágrima pois, dentre outros fatores, a entrada do ducto da lágrima fica comprida pela posição dos olhos. Assim, a drenagem é insuficiente e a lágrima é derramada para fora do olho. Nas raças poodle (mini e toy), malteses e alguns terriers, pode ocorrer o mesmo problema.

Associado a isso, o excesso de pêlos próximos aos olhos podem causar irritabilidade e aumento na produção de lágrima. É aconselhavel retirar os pêlos que possam estar irritando os olhos dos animais. Outros fatores que podem causar o derramamento de lágrima ácida são:
Obstrução do canal lacrimal (poeira ou pequenas particulas),
Deformações na pálpebra (cílios voltados para dentro dos olhos causando irritações)
Inflamações no ducto da lágrima,
Conjuntivites,
etc..
Algumas das causas podem ser resolvidas como a retirada dos pêlos em volta dos olhos, correção cirúrgica das pálpebras com cílios voltados para dentro (entrópio), tratamento da conjuntivite e desobstrução do canal da lágrima. Mas quando o problema é apenas anatômico,como nas raças citadas, excluidas outras possibilidades, pouco pode ser feito a não ser a limpeza diária dos olhos e da pelagem amarronzada, com a remoção de crostas que podem se formar no local.
Sem isso, pode ocorrer inflamação da pele nessas áreas escurecidas. Existem produtos específicos que podem ser usados para minimizar o
escurecimento dos pêlos. Devem ser usados com cuidado para não irritar os olhos dos animais. Também existe o problema "emocional" que pode causar lágrima ácida nos cães, como por exemplo alguma mudança repentina na rotina do cão.
Mudanças do tipo do cão ser separado da familia por algum motivo , os donos viajarem e ficarem muito tempo longe ( no caso do animal ser muito apegado ) e etc...Porém, isso não é regra ok? Isso "pode" acontecer.

O uso de antibióticos pode resolver temporariamente o problema,pois altera a composição da lágrima. No entanto, o efeito é apenas passageiro. ( veja com o veterinário qual usar ).
Também tem uma grande probabilidade de ser um problema adquirido pela ração que o cão está comendo. Antes de dar remédios e antibióticos, troque a ração que usa para ver se não é problema da ração.Existem rações que "ajudam" a formação da lágrima ácida e outras que ajudam a tirar.
Conheço algumas que tiram e outras que formam....mas isso é experiência de outras pessoas que me passaram, pois várias pessoas entraram em contato comigo por causa desse problema e cheguei a algumas conclusões através das rações que utilizam.

Qualquer dúvida estamos á disposição!

Carolina & Wagner.

Homeopatia Aumenta a Imunidade dos Animais


Manter a saúde dos animais em equilíbrio é um ponto em que todos os proprietários de animais gostariam de desfrutar.

Hoje os cães e gatos fazem parte integrante dos lares, representando o papel de membro da família, e quando adoecem é motivo de grande angústia e preocupação. Através da homeopatia é possível prevenir e tratar doenças, restabelecendo o equilíbrio do organismo do animal, sem que haja resistência do mesmo após um período de tratamento.

De acordo com a bióloga, médica veterinária e engenheira agrônoma, Maria do Carmo Arenales, a homeopatia é capaz de auxiliar de forma preventiva e curativa no tratamento de infecções, carrapatos, pulgas, estresse, doenças de pele e digestibilidade. “A homeopatia tem a vantagem de ativar os mecanismos de defesa do organismo promovendo um equilíbrio. Com um trabalho contínuo, o animal fica mais resistente a doenças oportunistas”, diz.

A facilidade de administração também é característica dos medicamentos homeopáticos pela apresentação em glóbulos, que geralmente são adicionados na água ou no alimento, podendo ser fornecidos diretamente via oral.

Além da palatabilidade, não possuem sabor desagradável.

Ao contrário dos medicamentos alopáticos, químicos, a homeopatia não apresenta contra indicações ou efeitos colaterais, pois no processo de fabricação toda a matéria prima do medicamento se transforma em energia. “Muitas vezes os animais começam a adoecer com frequência e por mais que o dono o medique, nada resolve, pois na maioria das vezes o animal já está resistente ao medicamento e o organismo acaba se acostumando com a química que nele é introduzido. Por isso a homeopatia é o caminho para prevenir que o animal fique com a imunidade fragilizada”, afirma Arenales.

Segundo ela, foi desenvolvido um produto que age como medicamento complementar aos tratamentos de afecções cutâneas, com etiologias decorrentes de reações alérgicas.

“O Fator Pró Imune Pet é o medicamento que promove uma melhor conversão alimentar ajudando na digestibilidade do alimento, fazendo com que o animal fique com mais virilidade e sadio”, diz. Desta maneira, a homeopatia vem conquistando clínicas e pets shops especializados que visam oferecer sempre a melhor opção aos clientes.
Fonte: Laboratório Arenales.

Hérnia Umbilical - Shih Tzu

Sobre a hérnia umbilical: Algumas pessoas me ligam e mandam e-mail perguntando sobre uma "bolinha na barriga" , nada mais é que a hérnia Umbilical. Bom, a hérnia pode ser genético ou adquirida.

A hérnia adquirida é o seguinte : é mais comum na raça shih tzu por ser um cão "prognata!" ou seja: hipertrofia da mandíbula para a frente, provocando o desencaixe da arcada superior com a inferior.

Então quando a cadela tem seus filhotinho, na hora do nascimento ela deve cortar o cordão umbilical do filhote, e tende a "rasgar" demais o cordão, muito perto da barriga do BB, que acaba ficando pra fora, isso por causa da arcada dos shih tzus.

Por isso sempre optamos por nós mesmo cortar o cordão umbilical dando 1cm de distância da barriguinha para que não ocorra o corte rente a barriga.

Isso é perfeitamente normal....é comum acontecer e não há problemas do cão ter uma vida menos saudável por causa disso.
Geralmente fica uma bolinha pequena, que por fim ainda pode desaparecer até os 6 meses de idade, ou não , mas sendo pequena não há necessidade de cirurgia , a não ser que a pessoa se incomode, acha feio, e queira tirar, é só uma questão de estética.

Agora, eu falo, quando é muito grande, muito pra fora, que tem , digamos uns 3cm pra fora, já é grandinho, é a opção é cirurgia, pois pode atrapalhar.

Mas a dúvida mais comum é sobre a fêmea se pode ou não ter filhotes....Olha, muita gente acha mesmo que não pode engravidar , pode passar para os filhotes e pode "estourar" quando a barriga ficar grande.....Mas isso só quando a hérnia é gigante que pode dar problema.
E também existem canis que simplismente rejeitam o filhote da ninhada por ficar com hérnia ( que absurdo ) , sacrificam, doam , vendem mais barato, só por serem mal informados ( eu chamo isso de ignorância ) Pq isso não é nada demais!!! Isso pra mim não é criador, é um cachorreiro que não entende nada de criação e só quer vender os cachorros....


OBS: Minha matriz Megan teve quando nasceu e desapareceu com 4 meses de idade e não teve problema nenhum ao ser mamãe!

Cães com hérnias genéticas: ( que nascem com a hérnia ) não devem ser reproduzidos, pois podem transmitir esse problema potencialmente fatal aos descendentes. Isso eu já não sei como que vai saber quando comprar um cachorro....acho que só depende do dono do canil avisar.

Aqui no canil, caso haja algum problema desse tipo, a cadela por acidente ( pq não deixamos ) tentar cortar o cordão e surgir a hérnia, o nosso canil, tem contrato de compra e venda e também nos responsabilizamos e cobrimos ,caso precise fazer a cirurgia no filhote.

Mas antes de fazer uma cirurgia " á toa " converse com seu veterinário de confiança.
Ver se realmente tem necessidade.

Carolina & Wagner

Companhia Aérea Para Animais!




Olha só que notícia legal! Pena que ainda não tem aqui e nem sabemos se vem ou não para o Brasil! Esperamos que Sim !!!!
Já está sendo utilizado, desde julho nos EUA.
Mas só agora que estou postando aqui!

Companhia aérea para cães e gatos iniciou as atividades em julho nos EUA .
Publicidade da France Presse, em Nova York.

A crise de ansiedade causada pelos animais que precisam viajar no compartimento de bagagens dos aviões acabou --pelo menos nos Estados Unidos, onde, a partir de julho, uma nova companhia aérea oferece vôos confortáveis para os bichinhos de estimação.
O primeiro vôo da Pet Airways decolou em 14 de julho de Teterboro, um pequeno aeroporto privado situado a 16 km de Nova York, com destino a Washington, Chicago, Denver e Los Angeles.

A passagem custa US$ 149 (R$ 312). "Tivemos essa ideia depois de ver o sofrimento durante a viagem do Zoe, nosso jack russell terrier" explica Alysa Binder, co-fundadora da companhia em 2005 junto ao marido Dan Wiesel.

A Pet Airways, cujo objetivo autoproclamado é "oferecer uma solução segura e confortável para o transporte aéreo de animais domésticos", inaugurou seus serviços com um Beechcraft 1900 da empresa charter Suburban Air totalmente transformado.
Previsto para 19 passageiros humanos, o avião poderá transportar 50 cachorros e gatos porque os assentos foram substituídos por três níveis de prateleiras onde foram colocadas "gaiolas" especialmente fabricadas para o avião.

O sistema é simples: o animal é deixado numa sala especial do aeroporto por apenas duas horas antes da decolagem, informa a Pet Airways.
A empresa se encarrega do bichinho e um assistente cuida de sua alimentação e higiene pessoal até o embarque.
Os cuidados com os detalhes continuam a bordo, onde o assistente faz uma ronda a cada 15 minutos para ver se tudo está bem. Depois da aterrissagem, os animais dão uma voltinha para fazer as necessidades básicas e depois são entregues a seus donos na sala de desembarque. Caso o dono não possa buscar seu bichinho, ele pode pernoitar no canil da empresa.
Segundo estudos realizados nos Estados Unidos, onde existe um verdadeiro culto aos animais de estimação, cerca de 76 milhões de cães de gatos viajam por ano, dos quais 2 milhões em avião, onde somente os animais bem pequenos são admitidos para ficar com o dono na cabine de passageiros.

"Os transportes aéreos para animais, por exemplo, especializados em cavalos existem há tempos, mas esta empresa é diferente e contratou um transportador especializado", afirma Elizabeth Cory, porta-voz da Aviação Federal (FAA).
"Todas as autorizações necessárias foram obtidas e, para nós, o principal é o respeito ao peso máximo e à restrição do movimento no interior da cabine, por evidentes razões de segurança".
Reservada no momento a cães e gatos, a Pet Airways estuda possibilidade de transportar aves e, inclusive, animais mais exóticos.


Lembrando que Despachamos para todo o Brasil pela TAM , sendo o filhotinho com 3 meses no mínimo....e se descobrirmos que a viagem é muito longa, optamos por não enviar.

Ter um ou mais cães: vantagens e desvantagens

Muitos proprietários de cães perguntam se devem ou não comprar um segundo cão. Mostramos os prós e os contras de cada alternativa

Amenizar a solidão:
Como animais sociais que são, os cães não gostam de ficar sozinhos. Embora sintam a falta do dono, a companhia de outro cão ameniza bem a solidão. Mas, por outro lado, infelizmente, nem todo cão aprende a substituir a companhia de um ser humano pela de outro cão. Principalmente quando não foi sociabilizado adequadamente com outros cães.

A bagunça aumenta ou diminui?
A destrutividade canina tanto pode aumentar quanto diminuir com a vinda de um segundo cão. Se os dois brincarem juntos, o estrago que produzirão será menor do que se um deles for deixado sozinho. Mas, na maioria das vezes, um dos cães incentiva o outro a fazer coisas erradas!Quando sozinho, em geral, o cão fica desmotivado e inativo. Pouco destrói, portanto. Nesse caso, se a presença de outro cão estimular o primeiro a agir durante a ausência das pessoas, a bagunça será maior do que quando o único cão era deixado sozinho. Mas é preciso lembrar que mais bagunça é também mais alegria e mais bem-estar para o cão.

Pode haver briga?
É normal e aceitável que haja alguma agressividade entre os cães que vivem numa mesma casa. Mas, em certos casos, as brigas resultam em machucados sérios que podem, inclusive, levar à morte.Quanto mais cães houver, maior a chance de sair uma briga séria. Ter só dois cães é muito mais seguro do que ter três, quatro, etc. Em grupos grandes, muitas vezes o cão que está perdendo a briga é atacado pelos demais e, nesse caso, a conseqüência costuma ser grave.Para reduzir as chances de brigas sérias, é preciso ter um bom controle sobre os cães e fazer a escolha correta dos indivíduos que comporão o grupo. Muitas pessoas acham que filhotes da mesma ninhada não brigarão quando adultos, assim como mãe e filha, pai e filho, etc. Esse é um conceito errado.O risco de um macho brigar com uma fêmea é menor do que o de dois exemplares de mesmo sexo brigarem, mas o casal deverá ser separado duas vezes por ano quando a fêmea entrar no cio, se o macho não for castrado e se não se quer reproduzi-los. A separação pode ser bastante inconveniente – o macho costuma ficar desesperado para chegar na fêmea.Se houver possibilidade de ocorrerem brigas, os proprietários não podem deixar brinquedos e ossos muito atraentes à disposição dos cães. A restrição dependerá de como é o convívio dos cães e de como eles expressam sua agressividade possessiva.

Ciúmes e competitividade:Quando se tem mais de um cão, ciúmes e competitividade são comuns, principalmente visando ganhar a atenção do dono. Para conseguir manter os cães sob controle é preciso demonstrar segurança e firmeza e ter liderança sobre eles.Exemplares ciumentos podem se tornar agressivos quando disputam um objeto ou a atenção de alguém. A competitividade sem controle aumenta drasticamente os comportamentos indesejados, como pular nos donos e nas visitas, correr atrás do gato da casa, etc. Mas, por outro lado, a competitividade pode levar cães sem apetite a comer mais e cães medrosos a se tornarem mais corajosos.

Cão velhinho X novato:Muitas vezes um filhote faz o cão velhinho voltar a brincar, a comer com mais apetite e a disputar o carinho de seus donos. Mas é preciso ter cuidado para não deixar o mais velho de lado e para não permitir que o filhote o incomode demais. Devemos limitar o acesso do filhote aos locais preferidos pelo veterano, assim como repreender as brincadeiras indesejadas, para garantir sossego ao cão mais velho.

Educação do segundo cão:Sempre pergunto para as pessoas se é o primeiro ou o segundo cão que mais se parece com gente. A resposta costuma ser a mesma: o primeiro! Isso ocorre porque a nossa influência na educação e no comportamento do cão é muito maior quando não há outra referência canina. Se você estiver pensando em ter um segundo cão, prepare-se, portanto, para o novo cão ser mais parecido com cachorro e menos com gente. O primeiro cão costuma entender melhor o que nós falamos e fazemos, procura mais a atenção de pessoas do que de outros cães e costuma ser menos possessivo com seus brinquedos.

Conclusão:Sou a favor de se ter mais de um cão – com companhia a vida fica muito mais ativa e estimulante. Mas o proprietário precisa escolher adequadamente o outro cão e também ser ou se tornar um bom líder de matilha.

Fonte: Revista Cães & Cia, n. 354, novembro de 2008

Obesidade Canina e os florais de Bach

“ A resignação, que nos converte em meros passageiros desatentos na jornada da vida, abre-nos as portas a influências adversas incalculáveis e que nunca teriam oportunidade de entrar se vivêssemos o cotidiano com espírito de alegria e de aventura. Qualquer que seja a nossa condição, a de trabalhador numa cidade populosa ou a de pastor solitário nas colinas, esforcemo-nos em converter a monotonia em interesse, o dever aborrecido em uma alegre oportunidade para uma nova experiência e a vida cotidiana num intenso estudo da humanidade e das leis fundamentais do Universo .” - Edward Bach.

A obesidade não é apenas um problema humano.
Os animais domésticos estão ficando cada vez mais gordos. Cerca de 40 % dos cães levados às clínicas veterinárias, sofrem de obesidade.
Obesidade, por definição , é um acúmulo excessivo de gordura no corpo.
Os animais podem sofrer de obesidade fisiológica – devido a alimentos impróprios para seu consumo e falta de atividades físicas – ou patológica – que são as disfunções hormonais.
A primeira causa da obesidade é a superalimentação - alimentação rica em gorduras e carboidratos – doces, restos de comida, etc. ( causa fisiológica ).
25% dos cães sofrem de disfunções hormonais e 15% têm a obesidade do estresse ( solidão ou carência de atenção).
A obesidade apresenta maior incidência em animais adultos e idosos, sendo mais comum em fêmeas (do que em machos) e em animais castrados.
A obesidade pode levar a outras patologias : diabetes, problemas cardíacos e pulmonares, problemas de coluna, problemas ósseos, etc.
O excesso de peso é uma condição debilitante da saúde e, que deve ser corrigido pela prescrição de ração light pelo médico veterinário e exercício físico, também orientado pelo veterinário (o sedentarismo estimula o ganho de peso ).


Florais de Bach O Dr. Bach, médico inglês, desenvolveu uma medicina natural para tratar a saúde mental, emocional e espiritual, descobrindo 38 essências florais que são essências preparadas a partir de flores, arbustos e plantas que crescem espontaneamente, cada uma para um estado emocional específico.

Os florais de Bach atuam através do tratamento do indivíduo (humano ou animal) e não da doença ou dos seus sintomas. Os florais tratam os estados de alma negativos, os quais não são “combatidos” pois, isso lhes conservaria a energia. Os estados negativos de alma são inundados por ondas de energias harmoniosas. Segundo o Dr. Bach essas energias negativas, com a vibração das essências, “ se derretem qual neve à luz do sol .”

Os florais de Bach começam a atuar no corpo sutil, vão atravessando as várias camadas até chegar ao corpo físico, mais denso, melhorando a qualidade de vida da pessoa ou animal.
Os florais não são alopatia, nem homeopatia nem fitoterapia. São uma terapia energética, vibracional, podendo ser usada com quaisquer outras terapias, com quaisquer outras medicações.
As descobertas do Dr. Bach representam uma abordagem revolucionária no campo da recuperação da saúde física, mental, emocional e espiritual. Não importa qual seja a doença manifestada no corpo físico ou mental ou emocional ou espiritual – a causa primeira dessa condição pode ser erradicada .
Os remédios do Dr. Bach podem ser aplicados, eficazmente , na maioria das circunstâncias.

Giardíase Canina



A giardíase é uma doença comum de cães, gatos e humanos, que freqüentemente é subestimada. É uma zoonose importante e é imperativo que tanto o animal de estimação quanto a família protejam-se da infecção.
O tratamento pode fornecer um controle eficaz, mas, em muitas situações, as reinfestações são comuns, devido à dificuldade em se eliminar a fonte de infecção do meio ambiente.
As taxas de infecção são altas nas áreas onde existem grandes populações de humanos e animais, devido a maior oportunidade de transmissão direta e indireta da enfermidade.

A ingestão de somente 10 cistos é capaz de causar a infecção. A maior prevalência das infecções por Giárdia ocorre entre os indivíduos jovens, sem resistência imunológica, e que são mais suscetíveis à ingestão de material fecal.
As fontes de infecção mais comuns são água e fezes contaminadas. A transmissão fecal-oral de Giárdia é comum tanto em animais como em humanos; os animais em confinamento podem estar expostos a grandes quantidades de cistos infectantes no material fecal, o qual aumenta as possibilidades de transmissão da enfermidade.

Por isso eu sempre digo : só dê água mineral ou filtrada para o seu cão!

Outra coisa, caso você saia do banho ainda molhado, não deixe o cão lamber suas pernas e seus pés, porque dessa água também pega Giárdia...a do chuveiro.
Os trofozoítos de Giárdia não sobrevivem no meio ambiente. No entanto, os cistos são resistentes a alguns fatores ambientais, como águas com baixa concentração de bactérias e contaminantes orgânicos, e suscetíveis a outros, como altas temperaturas.

É considerada uma enfermidade emergente, devido à falta de métodos efetivos de controle em humanos e animais. Um dos principais problemas é a contaminação ambiental disseminada.

A Giárdia com seu ciclo de vida simples e a capacidade de seus cistos de sobreviver no ambiente, tem permitido que a infecção se converta em uma das mais predominantes enfermidades parasitárias em muitas espécies de mamíferos.

Passe um pano no ambiente com HERBALVET ou QBOA Com Sal ( em um balde com agua ). única coisa que mata os cistos da Giárdia no ambiente....(o bicho é resistente).


  • Sinais Clínicos


Os sinais clínicos podem ser severos, mas uma grande parcela dos infectados pode permanecer assintomática, e os animais jovens são os que, mais freqüentemente desenvolvem os sintomas. Os sinais clínicos da giardíase incluem diarréia muito mal cheirosa ( com aspecto de clara de ovo com pontinhos vermelhos ). aguda ou crônica, vômito, dor abdominal , desidratação, perda de peso ou redução do ganho do mesmo.Não existem sinais característicos da giardíase, pois diversas enfermidades intestinais se assemelham a ela, como ocorre com as gastroenterites virais, as bacterianas e as causadas por outros parasitos.Também se assemelha às alergias de origem alimentar, à enfermidade da má-absorção, a gastroenterite induzida por fármacos e as enfermidades alérgicas.


  • Diagnóstico

O método mais indicado, hoje, para a detecção de Giárdia nas fezes é a Flotação com Sulfato de zinco com centrifugação, um teste diagnóstico econômico e muito eficaz. Um fator importante é a necessidade de utilizar três amostras de fezes, coletadas em dias alternados, ao longo de uma semana. Isto porque a eliminação de cistos é intermitente, o que pode gerar resultados falso-negativos quando se utiliza uma única amostra.


  • Tratamento

Os agentes quimioterápicos incluem os nitroimidazóis ( metronidazol, tinidazol), furadolizona, benzimidazóis (febendazol, albendazol), entre outros.

  • Vacina

Está provado que a vacina estimula o animal a resistir ao parasita, sendo uma solução efetiva em longo prazo para o controle desta enfermidade parasitária, já que a imunidade natural contra Giárdia é de curta duração. Mesmo que os tratamentos se mostrem eficazes, a reinfecção em animais é muito freqüente , devido à dificuldade de se eliminar os cistos infectantes do ambiente. Um animal vacinado, além de protegido contra giardíase, não representará mais uma fonte de infecção a outros animais e até mesmo a seres humanos contactantes. PS: Não adianta dar a vacina depois do cão infectado.Dê depois das 3 vacinas polivalentes, são 2 doses. Não vou dizer que é eficaz e o cão nunca vai pegar, mas protege! O que faz o cão não pegar é a higiene do local, e água filtrada ou mineral.

Vacinas - V8 & V10 - Diferenças




Vamos falar um pouco sobre vacinas, pois muitas pessoas não sabem a diferença da V8 e V10.

Para quem não está habituado a estes termos, a V8 e a V10 são as vacinas conhecidas como polivalente/múltipla/combinada e AMBAS imunizam contra 07 doenças,


  • Cinomose

  • Hepatite infecciosa

  • Parainfluenza

  • Adenovirose

  • Coronavirose

  • Parvovirose

  • Leptospirose


Vamos a uma breve descrição das doenças:



  1. CINOMOSE
    Doença viral altamente contagiosa entre cães. De difícil tratamento a cinomose acomete com facilidade cães não imunizados e acaba levando a morte um numero altíssimo de cães sintomáticos. Em geral começa como um resfriado, as vezes o cão acometido apresenta um quadro de diarréia e em seguida acomete o sistema nervoso central, causando falta de coordenação principalmente nos membros posteriores e convulsões. Dos cães que conseguem se curar muitos deles acabam ficando com sequelas para o resto da vida.

  2. HEPATITE INFECCIOSA CANINA
    Causada pelo adenovirus tipo 1 é caracterizada por lesões hepáticas que podem causar aumento do fígado, dor, ascite (barriga d água) e icterícia (mucosas amareladas).

  3. ADENOVIRUS TIPO 2 e PARAINFLUENZA
    Esses dois agentes virais causam doenças respiratórias que, por si só não seriam muito graves mas, o que geralmente ocorre é uma contaminação secundaria por bactérias podendo tornar o caso bem mais grave evoluindo para uma pneumonia ou broncopneumonia.

  4. CORONAVIROSE
    Também causa um quadro de vomito e diarréia, as vezes com sangue, porem em geral mais brando que a parvovirose, podendo se tornar complicado se houver contaminação secundaria por bactérias.

  5. PARVOVIROSE
    Virose que acomete principalmente filhotes, em geral causando vomito e diarréia de sangue por alguns dias. Leva a uma profunda desidratação e a morte quando não tratada. Muitos cães, mesmo socorridos a tempo, podem não resistir a doença. No caso de filhotes entre 4 – 12 semanas de idade acometidos pelo vírus de forma sintomática ou não pode causar também miocardite, podendo levar a deficiência aguda do coração.

  6. LEPTOSPIROSE
    Estão presentes na vacina 2 sorotipos de leptospirose: L.canicola e L.icterohaemorrhagiae. Os sorotipos não são diferenciados clinicamente, somente em laboratório. A leptospirose é transmitida através da urina do rato podendo causar uma serie de sintomas desde apatia, vomito, icterícia a lesões renais severas e morte.O tratamento deve ser instituído o mais rápido possível e, mesmo tratados a tempo, alguns cães não resistem a doença.
    Antes de ser vacinado o cão precisa ser avaliado pôr um veterinário para ter certeza que seu organismo esta apto a receber a vacina, alem de veterinários darem carteira de vacinação assinada e uma segurança maior de que a vacina usada é de boa procedência e foi bem acondicionada.


Mas, como jogada de marketing, a multinacional fabricante da V10 diz que protege contra mais 2 (duas) doenças, Não é verdade....
A verdade é a seguinte: existem "tipos" diferentes da bactéria que provoca a leptospirose (leptospira).Podemos até fazer uma analogia com as raças caninas - diferentes raças, dentro da espécie canis familiaris; diferentes cepas, dentro da espécie leptospira.



A vacina V8 imuniza contra 2 cepas de leptospira: Leptospira canicola e Leptospira icterohaemorrhagiae.


A vacina V10 imuniza contra 4 cepas de leptospira: Leptospira canicola, Leptospira grippotyphosa, Leptospira icterohaemorrhagiae e Leptospira pomona.



O que é CEPA: Cepa é uma variante genética específica de um organismo.



Onde está o engano?


1) Muito dificilmente um cão contrairá leptospirose residindo em zona urbana. A lepto é doença de zona rural, transmitida pela urina de ratos, em paióis de cereais.


2) A imunização contra leptospirose dura apenas 6 meses. Seu veterinário já lhe disse que quando seu cão é vacinado pela V10, ele passa 6 meses "desprotegido" de 04 "doenças"! (na verdade, não são 4 doenças, é 1 doença só)
Quem moram em zona urbana, o reforço da vacina se dá anualmente.



Caso você resida em zona rural, há uma vacina específica para leptospirose, que deve ser refeita a cada 6 meses - segundo o fabricante.
Esperamos ter escarecido um pouco sobre as vacinas e doenças.
No próximo post vamos falar sobre a Giárdia Canina.

Comprei Meu Filhote , E Agora?!


Foto: Megan quando tinha 2 meses.




Bom, Vai ser o primeiro dia ou noite de seu filhote em sua nova casa...

O ideal é fazer o enxoval dele antes do dia de pegá-lo com o criador.

Sendo Shih tzu eu aconselho uma cama média, pois ele vai crescer um pouco, não precisa ser muito cheia de frufrus por que vc vai se decepcionar...eles gostam de buracos ...ex: atráz do sofá / embaixo da cama / no chão gelado / ou dentro de alguma coisa...aqui em casa eles gostam muito de ficar dentro do rack da TV e embaixo da minha cama...depende do dia...rs
MAS...Se mesmo assim vc insiste em comprar uma cama para "você" e não para o seu filhote, vai em frente! rs

Então, resolvemos o problema da cama....

Alguns brinquedinhos...como uma bolinha para ele correr atráz, um bichinho , pode ser aqueles ursinhos de corda pois eles adoram fazer cabo de guerra. Um bonequinho, alguma coisa de borracha que faz barulhinhos...( eles ficam apertando o tempo inteiro só para escutar o barulhinho ).

Mas eles não dispensam um sapato, um cadarço de tenis, uma meia e etc...portanto : mantenha isso longe! Eles gostam de novidade...Por isso que eu tenho uma caixa de brinquedos aqui, todo dia dou um brinquedo diferente e eles acham que é novo...( é uma maravilha, assim você não precisa ficar sempre comprando um diferente ).

Pipi dolly ou jornal para necessidades...
Se for inverno, comprar uma mantinha , aquelas de soft, eles adoram dormir com ela.

No verão eles sentem muito calor...nem adianta.

Um pacote de ração para filhotes, pode ser qualquer uma premium ou superpremium, mas é melhor a superpremium, pelos seus benefícios tanto na sáude do filhote, e dos pêlos e pele em geral. ( Mas procure comprar uma que contenha frango e salmão ) Pois há Omega 3 e 6 que é muito bom! Eu uso a CIBAU que só tem frango com salmão ou salmão com arroz, que é melhor ainda. E não é cara!
Para Água use o bebedor de bilha...aquele para coelhos e hamsters que assim eles não molham os bigodes e nem mancham com a ração...eles sabem usar direitinho...O pratinho eu aconselho o de metal...o de plástico acumula bactérias pois com o tempo arranha o plástico.
OK Está feito o enxoval básico.

Para a pelagem, usa-se escova de pinos sem bolinha pelo menos para a manutenção mesmo que você leve na petshop, precisa escovar diáriamente, a não ser que você decida usar a tosa puppy.
Shampoos e condicionadores fica na sua escolha, como creme dental, antiséptico para ouvido, etc e tal...
Bom, chegando na sua nova casa, deixe ele a vontade para explorar a casa...ele vai cheirar tudo, ou vai dormir direto.
Ele vai sentir falta da mãe e dos irmãos...normal.
Brinque com ele bastante , se tiver outros cães apresente com calma...deixe o cão principal cheirá-lo e logo serão amigos.
Bom, até ai tudo bem...e a hora de dormir?!Hum...tah....ache um lugarzinho para por a caminha dele, pode ser ao lado de sua cama, em um outro quarto, ou na sala...Eu acho mais fácil no quarto, pois você está ao lado dele, e assim é bem mais fácil ele não chorar..e até mesmo ele não vai chorar, pois eles sentem falta de companhia, alguém por perto.
Se mesmo no quarto que você, ele chorar, o ideal é deixar chorar até ele acostumar, cansar e dormir...mas muito gente mora em apartamento como eu , e não dá pra dar ao luxo disso...rsss
Eu não pego no colo quando acontece isso, eu sento ao lado dele no chão e fico parada...ele para de chorar é lógico , dá uma brincada com você, uma mordidinha e tal e logo capota.
E se a cama dele for em outro quarto ou na sala, você vai até lá e faz a mesma coisa, senta com ele...não fala nada...e pronto....Se ele for insistente, em alguns dias ele não chora mais...
Não pode pegar no colo, e nem falar com ele.
Quanto as necessidades ele provavelmente vai fazer o nº2 no jornal e o nº 1 no chão...
Não adianta dar bronca , limpa e deu...rs
Quando ele tomar água fique atento, que logo vai ter xixi e já coloca ele no jornal....o nº 2 a mesma coisa....Depois de comer é rapidinho...Mas eu sempre ensino aqui a fazer no pipi dolly , mas uma vez ou outra sai fora do lugar...rs
Mas eles aprendem rápido, eles são espertos....o que eles podem, é fazer fora por pirraça ou quando o jornal está muito molhado...eles odeiam se molhar de xixi...são muito limpos!
Ah, e deixe ele longe de tapetes, são o lugar ideal para eles fazerem xixi, pois absorve muito rápido.
Quando sair de casa , não se despeça. Deixa agua e brinquedos. Comida só se você quiser uma surpresa quando chegar em casa....rs o ideal é dar a comida antes , ou sair depois dele fazer.
Quando chegar em casa ele fará festinha...não faça festinha!
Deixa ele se acalmar, ai sim vc fala com ele...senão vai ser um sofrimento toda vez que vc sair.
Tem um post que eu coloquei de como ensinar.
Se você morar em casa, cuidado com a rua. Isso para qualquer tipo de raça, poque eles adoram rua, mas não tem noção do perigo.
Ir para rua passear só com 4 meses ( todas as vacinas dadas inclusive a raiva).Ir para petshop tomar banho é a mesma coisa.
Antes de 4 meses, dê o banho em casa.
Filhotinho de 2 , 3 meses pode dar banho de 15 em 15. Secar muito bem!Vermifugação de 4 em 4 meses até completar 6 meses e depois de 6 em 6 meses.
Dê comida umas 4 x por dia enquanto filhote, depois diminua para 2x.
Água a vontade.
Petiscos de vez enquando.
Legumes frutas tb pode dar de vez enquando...Tipo, cenoura, abóbora , chuchu.
Maça é muito bom....só não dê abacate e laranha. Chocolate nunca! peloamordedeus!
O chão sempre deve estar limpo, pois eles são um aspirador de pó, eles limpam tudo...e sempre comem alguma coisinha ou outra do chão e acabam vomitando.
Cuidado com produtos de limpeza ( isso é pra qualquer filhote, de cachorro ou humano..rs ).
Eles são CURIOSOS!Se você não quer que ele suba no sofá e acostume, não deixe ele sumir nem uma vez...Na cama a mesma coisa....Depois para tirar essa mania...é bem complicado, pq eles sabem o que é bom.
Adoram ficar perto da gente...no chão, nos pés...estão sempre perto, são a minha sombra...rs
Se você quiser dar uma bronca por alguma razão, fale NÃO! Firme.Sempre elogie quando faz algo certo...como o xixi.
Enfim...curta o seu filhote, é a melhor fase! Tudo que ele faz é engraçadinho, bonitinho...rsrsrs
E dê muito Amor! Que com certeza você receberá em dobro, pois o cão é a única "pessoa" Que te Ama incondicionalmente independentemente do seu sexo, religião , classe social e etc...
Ele vive em média 18 anos com você, fiel e companheiro para todas as horas.
Bom, Então é isso por enquanto.
Alguma dúvida, pode me perguntar pelo formulário / e-mail / MSN / Orkut ....Estou a disposição!
Carolina.

Filhote Shih Tzu Disponível Para Você Se Apaixonar!

Aang Sweet Poison
Nasido dia 06/06/09.
Procura uma família!
Já com 1 Vacina Importada;
Vermifugado;
Pedigree CBKC - Já registrado;
Entregamos com Protocolo do Pedigree;
Despachamos p/ todo o Brasil.


Falando Sobre o Pedigree Novamente!

Vou falar Sobre o Pedigree Novamente...

Eu sei que eu já fiz um post a respeito da importância do pedigree, vantagens e etc...
Mas ainda assim existem pessoas que deixam de comprar um cachorrinho com pedigree, pois acham que é mais caro e que não fazem questão do mesmo e etc...
Antigamente era assim, ninguém ligava para pedigree, era " besteira" vendo os pais já bastava...ERRADO.
Mais uma vez eu falo que o pedigree é muito importante pois não é só a árvore genealógica do cão, é a garantia de que é realmente PURO, e não mestiço ( não tenho nada contra a cães SRD mas contra criadores que se dizem "criadores" que vendem um cão sem pedigree ou vendem o cão sem dar o protocolo do pedigree e a pessoa fica a ver navios depois...Com o pedigree você tem a garantia de que o cão vai ter um determinado temperamento, determinado tamanho, determinada genética e tb garante que o cão não terá doenças graves pois um cão com uma doença grave como sarna demodécica, ou parvovirose, esse cão é imediatamente castrado, não podendo reproduzir pois são doenças que passam para os filhotes na amamentação.E também diz quem são os pais, avós, bisavós e seus respectivos títulos de campeonatos de beleza nacional e internacional.Vou dar um exemplo: Um "shih tzu" com um fuçinho comprido, não é shih tzu, pois o shih tzu tem o nariz "chapado" bem achatadinho..."Shih tzu" grande...não tem, o shih tzu é pequeno...o padrão da raça tem um tamanho máximo e um mínimo,"shih tzu" histérico não é...são silenciosos...Estou falando isso porque eu já vi muita coisa....Muito cuidado ao comprar...exija o protocolo do pedigree para poder acompanhar o encaminhamento do pedigree pois o mesmo demora uns meses para chegar devido ao mesmo ser encaminhado para o
Rio de janeiro e só depois para a FCI (Confedereção Internacional de Cinofilia). Depois de receber o pedigree faça a tranferência para o seu nome , pois virá no nome do criador (não é obrigatório porém garante que o cão é seu mesmo).Eu já vendo meus cães registrados para o processo do pedigree ser mais rápido e o cliente não ter que esperar muito e assim eu já entrego o protocolo.
Muitas pessoas compram o cão, dito de uma determinada raça, sem pedigree e depois levam no veterinário por alguma razão e o mesmo diz que seu cão é mestiço...ou leva para passear e vê que tem diferença com outro da mesma raça...realmente é você acaba se chateando.Outra coisa importante: Quando alguém , um criador te oferecer um cão por um preço e com pedigree outro preço, digamos, 200,00 reais a mais, esqueça! isso não existe!!!!O pedigree é barato, não faz diferença nenhuma no preço do cão, apenas a qualidade e procedência e assim comprova que o criador é sério e responsável.
Não caia mais nessa : Com pedigree é tanto e sem pedigree é outro tanto...Porque se você comprar sem pedigree e depois descobrir que precisa dele para um futuro cruzamento, exposição, ou até criação... é quase impossivel fazer outro, não tem como...no máximo o que você
poderá conseguir é um atestado de pureza da raça, que não é a mesma coisa que um pedigree. Hoje em dia o pedigree é o mínimo que um criador pode oferecer para você!A não ser que você NÃO queira um cachorro de raça pura e assim você não precisa exigir um pedigree.Existem muitos cachorros abandonados SRD, e até de raça para adotar, mas não podendo ser provada a pureza da raça.Muitos donos compram um cachorro sem ler, sem pesquisar sobre a raça, sem tirar dúvidas com veterinário e/ou criador e acaba o cachorro crescendo demais (você não sabia), ou o pêlo muito longo e você não esperava por isso e etc...Se arrepende e abandona na rua mesmo, abre o portão para o cachorro sair "sem querer" ...isso é cruel! Nosso BLOG é bem explicativo quanto á isso, falo de quase tudo eu acho, dou dicas de cuidados, saúde, pêlo , tudo o que você quer saber do SHIH TZU está aqui!Muitas coisas eu pesquisei em livros, revistas, sites dos quais eu cito sempre a "fonte,"e muita coisa eu escrevi com minhas próprias palavras...Tudo para ter certeza que você quer comprar um SHIH TZU e dará tanto AMOR quanto eu dou as minhas meninas e logo meninos ...e com certeza você vai AMAR!

Melhor cão:

Apartamento + Criança + Amigável com outros cães + Brincadeira + Docilidade + Beleza + Aprender + Silencioso = Este é o SHIH TZU...

Espero que eu tenha esclarecido algumas dúvidas sobre o pedigree.
Boa tarde;Carolina & Wagner.

Mon Amour Megan